Um história de amor (quase) impossível entre duas mulheres

Publicado: 13 de agosto de 2013 em Bissexualidade feminina, Histórias reais, Mundo LGBT
Tags:, , , , , , , , , , ,

Amor impossivelVamos a mais uma história de amor real entre duas mulheres contada ao BlogSoubi. Elas se conheceram no trabalho e ficaram amigas. Nenhuma delas havia se interessado alguma vez por uma mulher, então demoraram a perceber o sentimento que nascia aos poucos.

Como a maioria das pessoas que descobre o sentimento por uma pessoa do mesmo sexo, elas tentaram lutar contra. “Acho que todo mundo que passou por isso sabe que não é nada fácil, lutar contra os conceitos, os preconceitos, as circunstâncias, as crenças, os valores da sociedade e toda essas perguntas”, contou uma das personagens dessa história por e-mail.

Mas elas ultrapassaram todos esses obstáculos. “Quando se ama de verdade, não existe nada que não ultrapasse as barreiras, não importa mais a idade, a cor, a embalagem que a pessoa veio e o que os outros vão dizer”, disse a mulher apaixonada.

Foi então que há um ano e cinco meses, no dia 8 de março de 2012, elas deram o primeiro beijo, seguido de um intenso e demorado abraço.

Essa relação, no entanto, não tinha espaço para crescer. Há um ano e cinco meses, elas sofrem diariamente com essa situação. Uma delas não pode se comprometer. Tem família, filhos, marido. Ela já tentou se desvencilhar, mas foi em vão. E não vamos entrar nesses detalhes em respeito à privacidade das leitoras.

A outra continua solteira e nunca mais se relacionou com ninguém, depois de ter sentido a “melhor sensação do mundo”, como ela mesma descreve no e-mail.

Elas se falam pelo celular, Facebook e, de vez em quando, se encontram. Mas evitam se envolver. Por enquanto, é um amor que está guardado, não pode se desenvolver.

É mais um dos dilemas vividos por leitoras do blog. Duas pessoas que se amam e não podem viver o amor por conta da família e dos nossos “padrões sociais” (não vou cansar de falar sobre isso). Vez ou outra, as duas trocam juras de amor nos posts do blog, mas sempre com muita discrição.

A leitora, autora do e-mail, diz que não vai desistir. “Eu poderia viver mil anos, se eu não tivesse descoberto esse amor, não teria valido a pena. Não me arrependo e me sinto uma pessoa amada, mesmo longe e com todas as barreiras”, confidencia.

Muitas pessoas poderiam dizer: “Mas por que elas não vivem logo tudo isso, em vez de ficar esperando? Aliás, o que elas estão esperando?”.

Há uma série de fatores envolvidos. O egoísmo de outras pessoas, o medo das críticas, das reprovações e a nossa tentativa de sempre tentar agradar mais aos outros do que a nós mesmos.

Apesar de tudo isso, acredito que em algum momento e, com muita coragem e esforço, todos esses amores não vividos conseguirão encontrar o melhor caminho para ser feliz. Se depender da mulher que contou essa história de amor por e-mail, pedindo que ela fosse publicada em homenagem à sua amada, acho que esse caminho poderá ser mais curto.

—————————————————————————————————————————————————————————————-

E vocês, vivem alguma história de amor (quase) impossível? Contem também as suas histórias 

Anúncios
comentários
  1. Flower disse:

    Conheço bem essa história, e sei o quanto ela é bonita.Um amor que nasceu sem intensões e que que resiste à distância,tempo,dificuldades… um sentimento que está muito além de sexo ou simples atração física, um amor que se realiza nos pequenos momentos e gestos, um sentimento recíproco,inesperado, que tinha que acontecer, não se sabe porque neste momento, mas aconteceu e continua vivo. Quanto às inúmeras respostas às perguntas e expectativas, não se tem … só se sabe do sentimento… e os dias são vividos… um de cada vez.

  2. camila disse:

    Sempre me interessei por garotAs (platonicamente) e sempre namorei garotOs. Até me apaixonar por uma amiga na Universidade. Ela( que até então nunca tinha ficado com mulheres) me correspondeu. Ficamos juntas por cinco anos. Sempre enscondido( família, atrabalho, amigos homofóbicos, etc). Até hoje ninguém do nosso meio jamais desconfiou.Chegou um momento de nossas vidas em que ela decidiu que queria se casar( com um homem), ter filhos, viver uma “vida normal”. Arrumou um namorado(nem deu certo, bem feito!) e eu pra me vingar comecei a namorar com meu atual marido,sem jamais conseguir esquecê-la. Nos reaproximamos recentemente. Sinto que mais cedo ou mais tarde vamos ficar juntas de novo, porque ainda nos amamos muito. Mas agora tem mais gente envolvida, meu marido a quem também amo muito (como um irmão, é verdade) e que não tem culpa de eu ser uma covarde indecisa .No final das contas vamos fazer o que sempre fizemos: viver uma vida dupla. MORRO DE INVEJA DE QUEM É ASSUMIDA!
    Em tempo: Karla te amo.

    • Priscila disse:

      Camila, sei bem como é isso tbm sou casada com um um homem e tive um relacionamento com uma amiga e nunca tivemos coragem de asumir o nosso caso, nos afastamos mas nunca a esqueci, gostaria de ter essa coragem e admiro as que tem, no fundo vivemos por aparencias e com medo da fammilia e dos amigos, quem sabe um dia tomamos coragem e sremos felizes de verdade naoé? um grande beijo!

  3. Kaylaine disse:

    Estou passando por uma fase de descobertas sobre eu mesma, fui casada,vivi algo lindo com meu marido, porém ele veio a falecer … porém por conta disso muitas pessoas se aproximaram muito mais de mim, em meio a essas pessoas, uma menina, meiga, atenciosa,que havia ficado apenas uma única vez com um menino, …. fomos nos aproximando cada vez mais e mais, no periodo de 8 meses que é o tempo que nos conhecemos, fomos percebendo que oque sentiamos uma pela outra ia além de um simples sentimento de amizade, conversamos muito sobre oque sentiamos mas somente por telefone, nunca pessoalmente, … falei até sobre minha curiosidade em saber como era ficar com uma mulher, e ela disse que tinha a mesma curiosidade, … hj, estou tentando me entender, … mas gosto muito de estar com ela, e neste fim de semana, fui a um barsinho, somente de meninas..e simplesmente AMEI, nunca me senti tão bem em um lugar como me senti neste barsinho, olhei em volta, e muitas meninas me chamaram atenção,… e senti muita vontade, mas muita mesmo de estar ali mais vezes, e conheçer melhor uma das meninas que me chamou atenção… mas não tentei me aproximar porque gosto além da conta de minha AMIGA, ….

  4. Flower disse:

    Camila e Kaylaine, adorei ler as histórias de vcs, é bom a gente ver que não estamos só nesse mundo de conflitos, mas tenho certeza que um dia tudo se resolve. Grande abraço a todas!

  5. Erica disse:

    Esse blog é demais..ninguém imagina quantas pessoas passam por isso…eu adoro esse blog, um dia pretendo contar uma outra história aqui. Mas não de tristeza e sim de superação. Ahistória de como venci o medo e trilhei meu caminho rumo à felicidade. Beijos a todas

    • Tata disse:

      Oii Erica ^.^ nossa qnt tempo!! ano passado deixei minha historia aqui, e vc me ajudou muitoo com seus conselhos… que bom te ver postando aqui de novo. Aconteceu muita coisa de lá pra ca, não sou mais noiva e ainda continuo gostando de minha amiga, só que agora ela ja desconfia… tah meio complicao sabe, achei q ela desconfiando ela poderia se afastar de mim e acabar nossa amizade, mas não!! ela ainda continua minha super amiga, só que ainda não entendo ela…e ainda estou confusa sobre mim

  6. Carol disse:

    UAAAU rs, lendo este post eu fiz uma longa viagem na minha antiga história, no meu antigo dilema.. Digo antigo por eu não ter obtido sucesso. Por que não? Bom, pq não dependia exclusivamente de mim e do meu querer.
    Eu me emocionei um bocado lendo rsrs Pois me senti envolvida na história quase que do início ao fim. Meu dilema era semelhante… Bem, sem contar que a atitude dessa mulher apaixonada em homenagear sua amada… ai ai :’) Que linda ela é!! Arrisco elogiá-la e dizer que a sua “declaração de amor” é encantadora. Eu sou um pouco suspeita para falar dessas coisas rsrs porque sou assim, romântica e adoro demais tudo isso :). Quem dera se antes, quando ainda era “possível” algo acontecer, a única barreira estivesse em mim mesma. Porque, logicamente eu enfrentaria o universo para tê-la comigo. Tiraria forças de alguma forma, mesmo que ao aparente não existissem mais. Eu faria valer… Valer a pena, valer o nosso amor. Mas, como na vida nós não somos predestinados a tudo o que queremos rsrs eu tive que abrir mão. Esperei tanto por ela, mas ela já havia feito a sua escolha. Já tinha decidido viver sem pressão, viver “bem”.
    A tua história me alegrou o coração por saber que não sou a única. De repente esse “quase” impossível seja, na verdade, um equívoco. Como?! Bom, se nós nos permitissemos ver além do aparente, talvez visualizaríamos que tudo se torna possível quando realmente queremos. O único que basta é o querer. Querer fazer valer, passar por cima das opiniões alheias, se focar no que te faz feliz e se permitir de fato a ser feliz. Mas o que faz tudo parecer impossível é a nossa submissão aos preceitos da sociedade. Se a sociedade não tivesse esse poder de domínio, poxa… Certamente que cada um teria a paz ao realizar o que almejasse e iria se permitir aproveitar do seu livre-arbítrio, sua particularidade. Pois então, não existe isso de “impossível”. Existe o querer. Não é algo como : “caso esteja com quem ama, estará marcado para morrer, literalmente” kkkkkkkk Não é nada que nos ameace e nos impeça de ir fundo. Toda a problemática é porque não nos dispomos a consumar o que tanto queremos por medo da não aceitação das pessoas, das opiniões alheias, e que, me arrisco a dizer, nem se importam se você é feliz ou não, o que importa à elas é meramente julgar e esquecer do próprio nariz. Ou seja, a sociedade exerce apenas o papel de “fofoqueira” ¬¬.
    Bom, de coração eu espero que quem ama e sabe que o problema é apenas abrir mão do medo e logo mergulhar de cabeça, pois então espero que resistam aos dias maus (que certamente virão), todavia estejam com a visão para algo além do aparente. Visto que as circunstâncias são mutáveis. O que hoje é, amanhã pode não ser. A guerra que travam agora pode ser apenas uma prova da fidelidade do amor de vc6.
    Amei o post! Parabéns, de verdade.
    E boa sorte para você que enviou o email para a Amanda. Desejo que viva o que te faz viver.

    • Carol adorei seu comentário =) e gostei muito da sua posição referente ao pensamento que a sociedade exerce apenas o papel de “fofoqueira” e que nem se importam se a gente é feliz ou não. Esse mulher apaixonada sou eu. Infelizmente não depende só da gente, mais tem as circunstâncias, os medos, as pessoas envolvidas, no caso ela os filhos, não basta só nosso querer neh?! e eu sei que longe dos filhos ou fazendo estes sofrer, ela não conseguirá ser feliz comigo também o que não adiantaria muita coisa, essa realmente é a diferença de quem ama, querer ver a felicidade do outro, mesmo que não seja do nosso lado, bom eu penso assim, pena que tem pessoas egoísta que quer prender e dificultar as coisas a todo custo, como se tivesse o poder nas mãos da felicidade do outro. Obrigada pelo boa sorte!!! =) embora eu saiba que não vai ser fácil, nada é impossível e o mundo sempre dá voltas néh? Ainda bem que a história conseguiu alegrar teu coração isso é bom, acreditar que existe muitas coisas além do simples desejo, acreditar nas pessoas e no sentimento verdadeiro e descobrir que tem muitas pessoas que vivem lindas histórias de amor e que nunca perdem a fé no verdadeiro amor. Grande abraço!

    • teamareidejaneiroajaneiro disse:

      Carol, adorei seu comentário. E concordo com você no seu ponto de vista, relacionado , a sociedade exerce apenas o papel de “fofoqueira” e sobre o posicionamento das pessoas que nem querem saber se estamos felizes ou não, apenas julgam e querem que todos sigam a norma. Que bom que se emocionou com a história =) linda explanação sobre o que pensa, sobre o que passou, e os elogios dessa história de amor. Que bom ainda poder encontrar pessoas românticas =D Bom…permita me dizer que essa mulher apaixonada sou eu. Grata pelo boa sorte. Sabemos o quanto tudo é mais dificil, bem como você descreveu quando as coisas não dependem só da gente, que pena que não obteve sucesso com sua antiga história, certamente pelo seu comentário tenho a certeza que fez o melhor que podia. As coias podem não dá certo, mais pelo menos você não pode dizer que foi por falta de tentativa, desistir jamais, mesmo diante de todas dificuldades e lutas, circunstâncias e utilizando suas palavras ” A guerra que travam agora pode ser apenas uma prova da fidelidade do amor… ” Obrigada pelo comentário e por compartilhar com a gente esse belo pensamento. Grande abraço. Boa sorte para todas(o) nós!!!! =)

      • Carol disse:

        Olá! Obrigada pela atenção 🙂
        Olha, eu acredito que quando chega a um determinado momento, o que antes não foi, nunca será. Só que eu digo isso com relação a minha vida e o meu antigo dilema, é uma particularidade, sabe… Porque eu insisti e tentei ultrapassando os meus limites, e sempre recebia a mesmíssima resposta. Penso que devemos ter senso e respeitar as decisões das pessoas. E foi isso mesmo o que eu fiz. Depois que eu vi que realmente a menina não estava disposta, segui o meu caminho. E vou te confessar que desisti. O que mais eu poderia fazer se já possuia todas as respostas?! Nada… absolutamente nada. E por eu realmente gostar dela, a respeitei e deixei que ela continuasse a viver sua vida. Sempre irei querer o melhor para ela, lógico! Mas eu não podia obrigá-la, forçá-la… Jamais faria isso. E se sem mim ela vive bem, pois então eu a apoio, mesmo que me custe (como me custaram algumas lágrimas). E sei que vc gostaria de me incentivar, mas o meu caso é realmente um caso perdido, pq ela já deu o ultimato, entende? Mas aquelas meninas que querem a mesma coisa e tão somente enfrentam adversidades por conta do egoísmo alheio e da intromissão, bem, essas sim devem persistir até fazer valer 🙂
        E Flor, hoje, mesmo que ela quisesse seria impossível pelo seguinte fato. Estou me relacionando com um homem. E tudo se torna mais delicado. Não se trata apenas dela e de mim. Há além de nós duas, o namorado dela e o meu futuro namorado (eu acho :\). Para acontecer algo entre eu e ela, caramba, teria que acontecer algo super-hiper-ultra-mega incrível e que me estremecesse as estruturas, radicalmente. Mas te digo que o destino nunca aproximará os nossos caminhos, e eu nem luto ou almejo mais para que isso aconteça. Porque passei a crer que ela não quer proximidade e assim funcionaremos melhor. Pois então, “a nossa história” foi escrita para ter esse final. E olha, eu eu tentei fazer pelo menos começar de uma maneira tão terna e simples, porém, já estava certo de que nem deveria começar pq seria em vão.

        Ai ai… rs saber viver é o que precisamos. Pq muitos acham que vivem,mas que, na verdade, estão vivendo sim, mas em preto e branco. E eu to tentando colorir a minha vida 🙂 E com a esperança de que ela tbm saiba viver bem, feliz e sobretudo, plena.
        Abraço para você tbm 🙂 e outra vez, minha gratidão a você por ter sido atenciosa rs.

      • Carol disse:

        E, olha, a mulher por quem vvocê está apaixonada está perdendo uma mulher maravilhosa como vc. Porque vc a ama tanto e é tão terna assim… Isso me deixa abestalhada rsrsrsrs pq eu adoro romantismo e ver o amor pairando no ar rs s2
        Que bom que vc é assim. Eu admiro. Pois continue lutando e sendo tão meiga assim com o teu grande amor.
        Um dia eu ainda quero que vc comente aqui e nos diga que tá em lua de mel… A senhorita recém casada kkkkkkkkkkk
        Sempre sempre boa sorte!

      • Dri disse:

        Nossa…eu estou simplesmente sem ar! Não consegui não me emocionar com a sua história, pq ela parece muito com o que eu vivi. A minha Deusa tb era casada, com filho…é tudo muito díficil…Eu não tenho mais contato com ela mais ainda a amo profundamente, e lendo a sua história foi como se ela estivesse aqui novamente, ao alcance da minha mão. No meu caso o nosso tempo já passou, mais pra vocês não e eu vou ficar na torcida pra que tudo dê certo, vocês ainda vão ficar juntas, tenho certeza! Carol tb adorei seu comentário!

      • Oi Carol, obrigada pelos elogios, mais ela não está me perdendo de forma alguma, o amor que sinto por ela é imenso, sei o quanto ela me ama também. Nossa fiquei um pouco triste por você, sua história ter terminado assim, mas pela forma que fala você tentou bastante também, e acho que ainda gosta muito dessa pessoa a qual fala com carinho, e será que gosta mesmo do seu futuro namorado? Desculpa se entendi errado, mas está tentando seguir a vida, e recomeçar com essa outra pessoa, para esquecer um amor que não conseguiu viver por mais que tenha tentando. É complicado =( e ela gostava mesmo de você será? Fiquei curiosa com tua história também. Achei bonita tua atitude de torce por ela, e querer o melhor mesmo que vocês não tenham ficado juntas. Só que amam mesmo. Grande abraço!!!

  7. aryell danadynho disse:

    oh binha tudo vai dar certo no final pode cre tambem sou bissexual e toh sofrendo mais no final dar tudo certo.

  8. Joana disse:

    Também adoro este teu blog Amanda 🙂
    Que história bonita e triste também. Ficarei aqui a torcer para que o amor das duas leitoras vença e elas possam viver esse amor na plenitude sem nada a atrapalhá-las:)

    • teamareidejaneiroajaneiro disse:

      Joana obrigada pelo desejo positivo, que o amor vença sempre todas as barreiras, pois ele sempre consegue ultrapassar todos os limites. Abçs!!!!

      • Joana disse:

        De nada teamareidejaneiroajaneiro 🙂
        Eu também acredito muito no amor e na força do amor! E como disseste muito bem a vida dá tantas voltas. Não desistas do teu amor. Também fico a aguardar novas notícias sobre a vossa história, de vocês ja juntas na plenitude.
        Beijinho!

  9. Carol disse:

    Oi, teamareidejaneiroajaneiro! Me desculpe estar respondendo no lugar errado. Bom, sim eu gosto dela (ainda, mas to lutando para esquecê-la, e hei de conseguir). Eu curto muito o meu “namorado”. Bem… sim, ela me gosta. Por mais que tente lutar contra (pelo medo e circunstâncias, semelhantes às tuas), mesmo assim me gosta. Como eu já havia dito uma vez, ela me encontrou por aqui (casualidade) e trocou emails comigo como se fosse outra pessoa. E se abria para mim, confessava, indiretamente 🙂

    • Hum entendi Carol, complicado quando a outra pessoa não está disposta a lutar néh? Pior é quando quer correr do amor. Ela podia ao menos ter tentando também. Essa nossas lutas, são tão complicadas. Abraços!!!!

    • Dany disse:

      Mas tem algo que não compreendo, se ela TAMBEM gosta de ti, pq não está disposta a tentar?? Seria só pelo namorado dela (parece q ela tb tem um, né, me confirma), ela já te deu todos os motivos? Já conversaram bastante, sem que nada ficasse no ar? Sim, pq quando só está “resolvido” para uma parte mas para a outra ainda ficam alguns “buracos”, realmente fica dificil se conformar. E vc tem certeza de que está em paz com isso? Creio ue se insistiu, foi pq deveras ainda tinha fé e esperança em que algo pudesse ainda acontecer e haver algum retorno dela, pois creio que ninguem insista quando vê que de fato não ´há mais nada a se fazer.

    • Dany disse:

      Ela gosta de ti como tu gosta dela, ou somente omo uma amiga? Ela abriu mão inclusive da amizade por não estar disposta a arrisca esta com vc?

  10. Heloisa disse:

    “Amar é mais do que se unir, do que se completar ou se contentar.
    Amar é se libertar de si mesmo, se desprender de suas vontades,
    É renascer outra vez dentro de uma nova pessoa.
    Quando o amor verdadeiro acontece, você já não sabe se é um ser de amor, você não se reconhece como era antes.
    Amor é bom quando você acredita que se tornou alguém melhor, e realmente se torna”.

    A partir da reflexão desse pequeno excerto, passei a pensar nos últimos acontecimentos, já comentei em alguns posts, e contei as descobertas que vinha vivenciando e sobre as dúvidas que cada vez mais pairavam sobre mim… bem, às vezes não entendo porque as coisas tendem a ser tão complexas, principalmente, quando se trata dos sentimentos e das relações humanas… enfim… tenho o meu relacionamento (com um homem) e ela também (é casada há muito anos e tem uma filha)… mas quando nossa amizade foi ficando cada vez mais forte, passei a pensar nela com mais frequência… e quando me dei conta, estava perdidamente apaixonada por ela… temos uma relação muito próxima e somos muito carinhosas uma com a outra… sempre estamos, de alguma forma, em contato e nos ajudando… assim, devido a nossa proximidade… e até mesmo algumas coisas que vinham acontecendo (algumas palavras carinhosas, muitas mensagens, presentes, pequenos contatos físicos…), sempre ficava confusa… pois não sabia se o sentimento dela poderia ser recíproco… No entanto, nunca tive coragem de falar abertamente com ela sobre o assunto… afinal, por amá-la demais como amiga, nunca quis colocar em xeque tudo o que já vivemos… Na última semana, passei alguns dias com ela (sozinha, pois viajamos juntas)… e, durante esse período, tivemos algumas conversas… ela não se mostrou aberta a esse tipo de relacionamento, até mesmo, fez alguns comentários, não preconceituosos, no entanto, comentários que revelavam que ela jamais se relacionaria, dessa forma, com uma mulher…
    Assim, sem deixar ela saber dos meus reais sentimentos, fui percebendo o quanto esse amor estava se tornando impossível…
    Não sei se pelo fato de termos uma diferença de idade de um pouquinho mais de 15 anos… todo esse carinho possa ser, para ela, como um sentimento maternal… enfim… ainda há uma série de questionamentos para os quais não tenho resposta… algumas coisas, só o tempo dirá…
    só sei que voltei bastante triste, apesar da companhia dela ser maravilhosa, assim, sei que a partir desse amor, tornei-me uma outra pessoa… ainda preciso descobrir muitas coisas, pois algumas delas não se resolvem na teoria… algumas situações precisam ser vivenciadas para que as respostas sejam encontradas… mas é isso… sei que o que sinto continua dentro de mim… e terei de encontrar uma forma para lidar com todo esse turbilhão que vem acontecendo nos meus pensamentos… sei que fui mudada por esse amor, nunca mais serei a mesma… pois a vida é mesmo uma caixinha de surpresas… nunca, antes, tive um sentimento desse por uma mulher… e nem sei se poderá acontecer de novo… realmente não sei… mas é isso que fica… às vezes passamos pela vida e deixamos marcas em algumas pessoas e, outras vezes, somos marcados…

    • Heloísa bonitas palavras, lindo esse sentimento que senti por essa pessoa, em nenhum momento citou o simples desejo, mais percebo nas tuas falas o sentimento na sua essência e forma mais pura. Com o tempo vai aprender a lidar com isso sim, o amor vai nos transformando e é capaz de nos fazer mais fortes, se um dia tiver a oportunidade de falar o que senti seria bom, pois mesmo que ela não goste de você da mesma forma, se for sua amiga de verdade vai ao menos procurar te entender isso é apenas minhas opinião viu?. Comigo foi assim, não tinha caído a minha ficha quando a minha flor disse que gostava de mim de outra maneira e mais do que eu imaginava, eramos ótimas amigas e mesmo depois dela ter dito isso continuamos amigas, até pq eu não quis acreditar que uma mulher casada e com filhos podia se apaixonar por mim, e eu também não entendia o que sentia por ela, só sei que me sentia bem ao lado dela, mais nunca tinha imaginado gostar dela de outra forma além da amizade, só algum tempo depois fui perceber que eu também gostava dela do mesmo jeito que ela gostava de mim. Bom… sei que é uma decisão difícil contar, mais o tempo vai dizer o que é o melhor a fazer, as coisas acabam acontecendo naturalmente se houver reciprocidade de sentimento, às vezes ela tem medo também, assim como eu tive, pode até ser que ela já percebeu o que você senti por ela. Te desejo tudo de bom e que o turbilhão passe, pois também já passei por ele, o mais correto é dá tempo ao tempo mesmo. Tenho certeza que vai encontrar uma resposta, e por enquanto vai curtindo sua amizade e seu amor nos pequenos momentos, nos pequenos detalhes. Grande abraço e boa sorte!!!

      • Heloisa disse:

        Muito obrigada pelas palavras, “teamareidejaneiroajaneiro”… é sempre bom ouvir histórias como a sua… elas nos confortam… e, ainda, nos fazem ter a consciência de que o sentimento por uma pessoa do mesmo gênero… não é escolha, não é condição e nem opção… simplesmente, é algo inexplicável… que um certo dia nos toca… e nos transforma completamente!!!
        um grande abraço e muitas felicidades a você!!!

      • Encantada com as histórias aqui contadas!!!

    • Michelle disse:

      Muito lindo…

  11. Carol disse:

    Olha Dany, só se ela for a melhor atriz que exista na face da terra (e eu desconheça).. Essas perguntas são apenas argumentos e que podem mt bem ser usadas apenas para dar voltas. Ninguém conhece o coração alheio com perfeição. Nem o nosso próprio conseguimos desvendar às vezes. Se ela apenas quis me dar volta, como eu entendi a tua posição relacionada à atitude dela. Bom, eu teria muita pena. Ela é uma pessoa mt bacana.E se deixar ser sepulcro caiado é lamentável. S/ blz interior.

  12. Carol disse:

    Ainda julgo que a beleza mais perfeita é beleza interior. E creio que ela ñ compactue em ser pobre de valores, valores que habitam em nós mesmos. Acho que no momento nada parece certo. Acho tbm que ñ temos as respostas de tudo pq a nós ñ convém. Mas de uma coisa eu tenho certeza. De que a intensidade do olhar dela me faz, de alguma forma crer no verdadeiro amor. Palavras, vez ou outra, ñ provam nada. As nossas atitudes que fazem valer!

    • Carol muito bem, é esse pensamento que mais pessoas deveriam ter. Essa beleza interior é que tem que ser valorizada, e hoje existe muito inversão dos valores. E acho muito lindo quando tu diz: “A intensidade do olhar dela me faz de alguma forma crer no verdadeiro amor” queria muito encontrar muitos mais pessoas como você que valoriza o sentimento, e que acredita mesmo depois que as coisas não deram muito certo, admiro esse amor que sente por ela, esse amor de querer o melhor, de cuidar de longe, esse amor que não morre. Adorei suas respostas!!! Abraços!!!

  13. Alicev disse:

    Linda e triste história… Também já vivi uma história de amor com uma mulher casada. Ela é do Paraná se mudou com a família para o lado da minha casa e com tempo fomos nos aproximando, o sentimento foi crescendo e a curiosidade dela também, já que eu já tinha tido experiências com mulheres e ela não. Um dia ficamos juntas, a partir daí a cumplicidade, amizade, carinho e amor foram só crescendo. Eu nunca pressionei a nada, mesmo porque eu a conheci casada e também tinha uma certa amizade com marido dela. Talvez por isso um dia (Depois de 2anos) ela chegou pra mim e disse que me amava mas não estava mais suportando a situação da gente ter um caso e ela ser casada. Ela tinha muito medo de ter que tomar uma atitude, por que não conseguia mais encarar o marido, sentia a minha falta, que ela nunca ia me esquecer, que eu fui a primeira mulher e única que ela se envolveria… etc… Em seguida ela se mudou enquanto eu não estava em casa, eu tinha ido pra faculdade, ela se mudou, mudou telefone, e-mail e nunca mais tive notícias dela. Não sei o que ela disse pra ele, para que eles sumissem assim, tentei encontra-lo até no trabalho dele pra saber notícias mas sem sucesso. Assim acabou minha melhor historia, sem na verdade ter acabado. Ainda sinto muita saudades dela pois tivemos momentos inesquecíveis e sei que ela também pensa em mim em algum lugar. E isso aconteceu em dezembro de 2010… 😦

    • Oie AliceV nossa que história triste =( que chato isso dela ter sumido assim sem falar nada, nossa imagino o quanto você deve ter sofrido, pior coisa que tem e a gente não saber notícias de quem ama. E ela podia ao menos ter tentado ficar com você néh já que não aguentava mais encarar o marido, podia ter lutado pelo que sentia, ter mergulhado fundo. Nossa! fico triste quando as pessoas não dão chance ao amor.Mas me conta o que faria se encontrasse ela de novo?

      • Alice disse:

        Bom dia!!! Adoraria encontra-la de novo… Quero perguntar tantas coisas, mas sem cobranças só tentar entender porque sumiu sem falar nada. Tudo aconteceu em dezembro de 2010, mas ainda sinto muita falta dela e tento entender onde foi que errei…

      • Alicev disse:

        Bom dia!!! Gostaria muito de reencontra-la. Saber porque ela agiu assim, mas conversar sem cobranças, porque sempre entendi a insegurança e o medo que ela tinha. Matar saudades se possível, porque eu não deixei de pensar nela em nenhum dia nesses dois anos. Enfim, acho mesmo que a primeira coisa seria matar saudades, depois conversar… 🙂

  14. Carol disse:

    Sabe, Alicev, você teve sorte por pelo menos ter desfrutado do amor de vc6. É triste q tenha terminado de uma forma inesperada e egoísta por parte dela. Mas espero q vc supere 🙂 Como vc pode ver, mts garotas passam por momentos difíceis. Queria eu ter ao menos experimentado um amor que me deixou sem rumo. A teamareidejaneiroajaneiro tbm sabe a dor q vc sente. Foi retribuída, mas atualmente se encontra a espera. Sempre lute pelo que te faz feliz. Te desejo amor e sorte na caminhada 🙂

    • Alicev disse:

      Obrigada Carol. Vivemos momentos intensos e maravilhosos. Apesar de toda minha experiência descobríamos coisas novas juntas todos os dias. Cada dia temos oportunidade de viver experiências marcantes e diferentes… Espero que um dia vc tbm possa viver um grande amor… Bjs 🙂

      • Nossa esse encontro deve ser emocionante =D espero que um dia vocês duas possam se reencontrar e viver esse amor, e esse amor que você sente é muito bonito, mesmo depois desses anos todos. Boa sorte e desejo de coração que possa a encontrar em algum. bjs

  15. Flower disse:

    Triste história Alicev, mas não podemos fazer nenhum tipo de julgamento, não sabemos o que passa na vida e nos corações das pessoas, espero que um dia vc consiga resolver essa história e tenho certeza que vcs ainda se encontrarão.
    Carol, há uma diferença nas histórias, pois a teamare… espera, mas quem a ama nunca saiu do lado dela, mesmo com todas as dificuldades, com o casamento, com os filhos, com os amigos, com as suspeitas dos familiares, ela sabe que é muito amada,e seu amor nunca consegue esconder isso quando elas estão juntas. A pessoa que a ama valoriza os pequenos momentos, nem que esses durem poucos minutos, mas pra ela só o sorriso, o olhar, a companhia já a deixam muito feliz, e a felicidade é recíproca.

    Beijos!!

  16. Carol disse:

    Oi Flower! Olha, eu arriscaria a dizer que a amada da teamareidejaneiroajaneiro seja vc 🙂 Pq vc fala com bastante convicção e como quem sabe de cada minuncioso detalhe. Se realmente for, poxa, vc6 têm uma história linda, e percebo que se amam imensamente. Lutem. Ñ parem de lutar.
    E se ñ for vc rsrs Bom, que o dilema que vc enfrenta se resolva. Mas lute enquanto isso. Boa sorte. E tudo o que falou me parece certo 🙂
    Abraço!

    • =D Carol você arriscou muito bem, é meu amor sim. =D Obrigada pelo apoio e a atenção, e tudo que ela falow é verdade, assim como citei no post encaminhado a Amanda, me sinto a pessoa mais amada do mundo, apesar de tudo que enfrentamos. Ela sempre faz o possível e o impossível para está por perto, mesmo longe. Ela conhece meu olhar, minha voz, meu jeito de falar, meus sonhos, sempre me apoia e dá forças para continuar acreditando na vida e só por te o amor dela me sinto feliz. Ela me inspira, e a razão pela qual tudo a minha volta fica mais lindo, e se antes tudo era preto e branco, ela conseguiu colorir. Foi esse o motivo do post abrir o verbo e dizer que apesar de todas as dificuldades, de todas as tempestades, de todas as barreiras, de todas as circunstâncias nos amamos e estamos sempre uma do lado da outra, lutando e sonhando. Muitos vão dizer, que é uma história triste, verdade!!! Mas… mais triste seria se eu nunca tivesse conhecido esse amor, essa pessoa linda e maravilhosa que me encantou, conquistou e agora eu só sei amar. As pessoas aqui tem histórias lindas, e triste sim. Porém, eu sempre vou defender a bandeira de que é melhor arriscar, viver uma história linda e talvez triste do que não ter vivido nenhuma. Adorei essas nossas conversas, descobrir pessoas com histórias tão lindas quanto a minha, saber dos dilemas e poder dividir nossas experiências. Muito bom tudo isso!!! Grande abraço e tudo de bom!!! =D

  17. Flor Lótus disse:

    Seria maravilhoso poder viver em paz com quem se ama, livre dos julgamentos e preconceito dos intolerantes… Se olhar com mais atenção, é um absurdo anularmos nossa própria felicidade por causa do medo, por pensarmos mais nos outros que em nós mesmos. Infelizmente, ainda temos que fazer esse tipo de sacrifício. É triste e ao mesmo tempo irônico, saber que enquanto lutamos pela igualdade e pelo Amor (acima de tudo), muitos se orgulham em fazer exatamente o oposto.

    Como muitas aqui, também já passei uns maus bocados. Foi bom enquanto pude viver o momento, mas agora que tenho capacidade de analisar a situação com mais clareza, penso que não era pra ser… Só digo que fiz o que pude e principalmente o que não poderia rs. Não houve “happy end”, mas não me arrependo de ter sido eu mesma, mergulhado de coração e amado tanto aquela menina…

    Depois dessa já tive umas poucas experiências, mas nunca outra que me fizesse agir com tanto abandono e intensidade. Tive momentos lindos, outros, decepcionantes, mas que consegui superar.

    Espero sinceramente que tudo se acerte para vocês. E que todas encontremos alguém que valha a pena, seja perto ou distante, mas amando com reciprocidade.

    =)

  18. Carol disse:

    U-A-U teamareidejaneiroajaneiro !!! Que isso, flor… Assim vc me mata de tanto chorar :’) rsrsrs Com todo o respeito a tua mulher (rs), vc ñ existe!! Vc é muito romântica e eu torço em demasia por vc6 2 😀
    Arriscar…SEMPRE! Só assim temos alguma resposta 🙂
    Tbm adorei as nossas conversas rsrs Acho que falamos até demais kkkkkkkkkkk
    Grande beijo para ti e para a tua privilegiada mulher 🙂
    Toda a sorte do mundo para vc6!!!
    Nunca desistam do que as fazem plenas e felizes.
    Abraços às 2 *-*

    • Flower disse:

      Carol, vc acertou o palpite, é por isso que muitas pessoas sempre desconfiam que a amo, pois nunca escondo meus sentimentos, todos desconfiam, meu irmão, minha mãe, meus amigos e até minha filha, mas jamais falaria isso abertamente, até mesmo pra preservar a minha menina romântica. Fico entristecida como as pessoas percebem mas não nos liberta, preferem fingir que não sabem, ou que não percebem. Mas um dia tudo tem fim. Vou continuar aqui, pacientemente, esperando, mas só deixarei de amá-la no dia que Deus tirar esse sentimento de mim, pois eu não pedi e nem fui atrás dele, da mesma forma não vou fazer nenhum esforço para tirá-lo de mim.
      Beijos e felicidades a todas!!

  19. Aniinha disse:

    muuito linda a história; Estou na torcida por vcs! Sejam felizes independente de qualquer coisa,e vivam o HOJE sem pensar no amanhça.
    meu caso é praticamente impossível,vivo um amor platônico por minha professora,as vezes percebo que ela sabe,porque alguns amigos já me alertaram sobre o tratamento especial que recebo,rs. Tenho medo de ficar me alimentando com falsas esperanças… Amoo meu namorado mais aquela mulher me tem algum tipo poder sobre mim…

    Adoro o blog (:

    Bjooo

    • Flower disse:

      Fico abismada em ver quantas pessoas vivem nessa situação, de amar alguém do mesmo sexo e não poder viver ou revelar esse sentimento, realmente é muito difícil, conflitante… estamos sempre com receio de magoar as pessoas, de trazer consequências aos filhos e à família e para alguns, tem o próprio tabu da sociedade. Cada um com seu dilema.
      Mas espero sinceramente que cada uma aqui possa um dia resolver tudo da melhor forma, viver com liberdade seus sentimentos sem ter que machucar os outros, e mesmo que machuquem, um dia as feridas se curam, mesmo que fiquem as cicatrizes, mas estas tb servem para nos lembrar onde erramos e o que devemos fazer para não termos mais outras.
      Grande abraço a todos!!!

      • Dany disse:

        Sabe, para mim é muito pior gostar e não poder demonstrar por medo de a pessoa NÃO ACEITAR meus sentimentos, fico me sentindo incompleta, vazia…. é tão ruim reprimir o sentimento por medo de a pessoa mudar conosco, nos desprezar, pior q conflito por aceitação de sexualidade, isso pra mim não seria um grande problema, e feridas são inevitáveis, não se trata de erros, erros, mas de circunstâncias que afastam as pessoas de nós, por mais que se tente ACERTAR, sabe… mas parece que infelizmente muita gente não consegue entender isso 😦 .

  20. Flavia disse:

    Uma historia muito linda e triste tambem… eu fico com minha melhor amiga em segredo e ela namora serio um homem… e bom , mas ao mesmo tempo eu fico triste porque queria que ela assumise nossa relaçao…. ai eu sou assumida (menos pra minha familia) e sofro preconceito sozinha porque ela nao e , e tenso

  21. Endmeg disse:

    nunca me tinha me envolvido com nenhuma mulher, embora desde os 9 me sentia atraida por elas.. de preferência bem mais velhas… aos 9 anos me apaixonei pela tecladista da minha igreja.. mas, nada passava de amores platônicos… Até que vim trabalhar numa empresa onde existe uma mulher lésbica assumida… Aquela que tem a pele quente.. os olhos maliciosos.. e a idade perfeita… Hoje tenho 32 anos… ela tem 48… mas vive com outra mulher há 20.. Me declarei.. ela correspondeu… começamos a nos envolver e hoje me vejo completamente apaixonada por ela… Ela é o meu Sol.. meu único Sol… Mas, o coração aperta, porque quando vamos pra casa, fica a saudade… Ela sem poder me ligar.. nem sair pra me encontrar… Já pensei em desistir.. mas, é mais forte do que eu… 😥

  22. enidezinha disse:

    Dany… sábias palavras as suas…

  23. fernanda disse:

    Olá Que bom que encontrei um site assim! Passo pela mesma situação, estou eu aqui casada com um filho e sofrendo por uma outra pessoa, penso nela todos os dias, de “janeiro a janeiro”, tatuei o nome dela em outra lingua no meu braço, pois quero a ter para sempre comigo. Ela está com uma outra pessoa, foi a escolha dela, não tiro a sua razão, pois quando teria coragem de mudar a minha situação. Não nos falamos, mais as vezes do nada bate um aperto no coração e sinto que ela está pensando em mim, talvez seja bobagem, mais… Fico viajando no face dela e sei que ela olha o meu, pois tudo é restrito e as vezes ela posta algo publico. Foi bom desabafar. Tenho vontade de gritar o nome dela todos os dias, nada será igual, nada… Agora fico contando os dias para minha vida passar, meu filho crescer e eu ganhar o mundo e esperar a morte chegar, é assim que me sinto. tentei com outras pessoas mais não dá, é com ela que queria viver a minha vida, ainda tenho a esperança de um dia quem sabe ter, nem que seja por 1, 2, 3,4, 5, …anos junto dela. Quem sabe, só Deus!

    • Olá Fernanda… bom ouvir sua história, você é o outro lado da minha história, essa questão de filho é complicado mesmo, e já se passou mais um ano desde que contei essa história, e ainda continuo sozinha e nunca mais conseguir ficar com ninguém, eu faço isso pq ela realmente é única pessoa que conseguir amar esses anos todos, eu entendo o que você passa, sei como é essa dor, querer e não poder ter, eu entendo o lado dela, sei das suas responsabilidades como mãe, e tenho certeza que se ela pudesse ficaria comigo. Mas, compreendo o quanto deve ser pesada a carga dela, e o agravante agora é a possibilidade dela ir embora para outro Estado, e eu não poder nem mais vê-la, isso me deixa triste. A gente conversa bastante, somos ótimas amigas e confidentes, temos muitas coisas em comum. E daqui mais um ano.. dois .. ou 3 … eu vou está aqui escrevendo dizendo que ainda estou esperando por ela. Pois tenho a mesma esperança que você quem sabe um dia. Um abraço pra você e obrigada por compartilha sua história.

      • manusouzasite disse:

        Pois é tudo isso é muito lindo mais a espera é bem dolorida….é de tanto espera as marcas ficam enormes!!!
        Pq não deixa espaço para alguém novo entra é que possa fazer vcs felizes???
        As vezes esperamos tanto tempo uma pessoa que acabamos deixando o amor passa!!!…

        Não fique parada esperando ninguém ou vcs vão a luta atras da pessoas que vcs amam ou sigam em frente …. é vão ser feliz….

        É o meu conselho é de uma pessoa que esperou outra durante 8 anos….ela se separou como ela dizia tanto que queria fazer para ser feliz, afinal os filhos já eram maiores de idade, é agora ela podia viver, só que ela me falou assim eu arrumo um namorando para desfarçar é ficou com outro mais eu te amo e vamos sempre ficar juntas mais nosso caso ninguém pode saber não podemos nós expor para ninguém que somos Bi é que se amamos….

        Então não esperem vão viver….pq tem muitaaaaa mulher linda, amorosa, carinhosa louca pra fazer a gente feliz kkkkkk

    • manusouzasite disse:

      Fernanda vá atrás dela, seja feliz não tenha medo não espere à MORTE chegar não vá ser feliz com o seu grande amor!!!!…

      • teamareidejaneiroajaneiro disse:

        Manuzousa, afinal você ficou ou não com o amor da sua vida após 8 anos ? Não valeu a pena ? Pra mim não é o fato de gostar ou não de outras mulheres, ou que seja homens, eu gosto de quem ela é, como ela é, e sei que ela é única, gosto da sua personalidade, da sua bondade, da sua lealdade. Eu já lutei por ela, mas não dá, os filhos dela são mais importante que tudo na vida dela, eles vão sofrer , e a gente já tentou uma vez, ela tentou, mas não aguentou ver os filhos sofrendo. Ela diz quase a mesma coisa que vc falou, que é para mim ir viver a minha vida, ela não me quer esperando ela, afinal eu sou livre. Hoje ela já não diz mais que me ama, já não alimenta nada, justamente pra mim desistir, ela quer que eu seja feliz. O amor verdadeiro não passa, não adianta procurar em outras pessoas, não é uma escolha. É simplesmente aceitar que enquanto eu souber que nos amamos, eu vou vivendo do jeito que dá, mais não vou tentar preencher um amor que já existe.

      • manusouzasite disse:

        Ela tá longe de ser o amor da minha vida, mais descobri isso a pouco tempo …. hj meu amor é outro, mais tb não estamos juntas pois por força maior ela se foi para outro plano e eu estou tentando construir minha vida….é vou construir pois amores vem é vão cada um vai ser (o amor da vida) de cada momento…
        Agora estou procurando uma mulher é homem, pra sermos amigos, o resto veremos depois!!!!

    • Carol disse:

      Fernanda, muito bonita e triste a tua história. E diferente do que eu costumo dizer para as meninas aqui do blog, bom, eu diria para você continuar tocando a tua vida mesmo. Pois se antes você não teve forças para consumar o desejo que pulsava em teu coração, acho que hoje não seria diferente e nem amanhã. Digo isto pq como você mesma diz em teu relato “Agora fico contando os dias para minha vida passar, meu filho crescer e eu ganhar o mundo e esperar a morte chegar”, significa que você já se conforma a ter de viver uma vida distante da tua menina. Apesar de você não nos ter dito se chegou a ter algo significativo com a ela ou não, suponho que as duas sejam cientes do sentimento recíproco. Porém, nada é como nos contos de fadas.Vivemos a realidade. Nada vem fácil. Amor não é brincadeira de criança, é coisa séria e nos tira do sério. Não faça algo indisposta a sofrer as possíveis consequências. Porque dar as costas à realidade é imprudente.

      Você opta por teu futuro com as tuas escolhas do presente. E se de fato não há coragem suficiente, então, flor, apenas siga em frente. Faça o que já faz. Não tente e tente não querer depois. Quando vier os pensamentos ilusórios de que “um dia vai acontecer…” extirpa-o, pq isso não é provável… apenas é o desejo do teu coração, que tenta convencer a tua razão.

      Você se livra disso quando deseja se livrar!!
      Você tem uma família!! Curta e passe a dar sentido aos teus dias preciosos.
      De repente você possa nos dizer que nunca antes tenha sentido o que sente hoje e até mesmo que nunca tenha amado intensamente. Mas, Fernanda, só o amor não pode transformar a nossa realidade… quem a transforma somos nós.
      Você pode sim amar novamente outra pessoa. Porque somos nós quem damos vida ao amor.

      • manusouzasite disse:

        Sempre vc né linda….tão sabias com as palavras rsrs.
        Carol vc é o maximo rs
        Bjus rsrs

      • Carol disse:

        Consertando
        *Quando vierem os pensamentos ilusórios de que “um dia vai acontecer…” extirpa-os.
        🙂

      • Carol disse:

        Ah é, Jann?!! Rs
        (vergonha ^^ ) kkkk mas obrigada!
        Bjos gatinha

      • teamareidejaneiroajaneiro disse:

        Sei não, acho que tá rolando um clima aqui. kkkkk.. brincadeira meninas, vocês são ótimas, sei que todas querem ajudar, sabemos o que a Fernanda encara é uma fase que ela vai superar sim, é difícil, só com o tempo o sentimento vai te ensinando o que realmente importa e se aprende a conviver com ele de uma forma branda, controla as emoções, e vai seguindo a vida.
        Manuzousa que bom que apesar de tudo que você esperou e passou conseguiu superar e encontrar outro amor, e o mais importante do que descobrir o amor e se descobrir no amor.

      • manusouzasite disse:

        Então te ama de janeiro à janeiro é assim já tive varios amores homens mulheres efim…em cada um eu me descobrir um pouco rs agora já sou uma mulher feita tenho 33 anos, e os valores são outros né rs mais assim eu amo hj tenho um sentimento enorme p alguém que partiu desse mundo o amor de 8 anos foi legal enqto durou mais passou …. meu amor lindo que trago no peito vai ficar aqui guardado e outro amor vai entra pois a porta está aberta rs ….
        Obs: tá rolando um clima aqui rsrs Carol minha linda ou Ann… rsrs somos amigas confidentes né???!!!!! Esse site me deu gdes amigas quer ser uma de janeiro a janeiro pode entra …. jnnpsouza@gmail.com

      • Carol disse:

        kkkkkkkkk teamareidejaneiroajaneiro.. a Manu/Jann ama outra pessoa, e eu não amo ninguém!!
        A Fernanda vai conseguir sim…
        Sabe, cada um sabe o que quer, o que faz e até onde pode suportar.
        O amor é um sentimento universal… no entanto, cada um aceita, experimenta e se vier ao caso, o suporta de uma maneira.

        Boa sorte pra vc6, nas respectivas decisões!

      • teamareidejaneiroajaneiro disse:

        kkkkkk… era só brincadeirinha Manusouza… é legal essa troca de experiências, Vou te add no meu email Manu, obrigada pelas palavras. Sua história foi linda, cada um com uma história mais linda que a outra, engraçado que quem me trouxe aqui foi o meu amor lindo, e hoje em dia ela nem aparece aqui rsrsrs… as coisas mudam, a gente muda com o tempo também, vai amadurecendo. Eu só vou ficar muito triste no dia que ela for embora, vamos ficar distante uma da outra, mas é isso, como ela diz, vamos viver um dia de cada vez, queria ter a força que ela tem. Um abraço pra vcs obrigada pelo prosa boa.

      • manusouzasite disse:

        OoOoOo Carolizinha meu amor des que te conheço eu amo a msm mulher que se foi pra outro mundo não entendir???? Mais todos os dias temos chance de conhecer alguém é se apaixonar perdidamente por elas seja homem ou mulher em qlq fase de nossa vida temos chance de recomeça basta a gente querer né povo????

      • manusouzasite disse:

        Add msm, pode mandar e-mail e vamos forma uma amizade afinal são os amigos de vdd que dão forças para que possamos enfrenta a vida…pois à dor é as marcas que carregamos são pesadas demais ….

        Eu vivo um dia de cada vez…
        É cada dia pode ser o dia que vou conhecer meu gde amor!!!

      • Carol disse:

        Mas foi o que eu disse, Jann!! Você ama outra pessoa, e eu até sei quem!! A teamareidejaneiroajaneiro havia comentado (mesmo que de brincadeira) como se eu e você tivéssemos algo. Daí eu expliquei que não, flor. Eu não amo ninguém no momento. Não sei que confusão foi essa que você criou kkk

      • manusouzasite disse:

        Sabe é muito complicado o fato de se implora o amor de alguém .
        Esse processo de amar é quem sabe um dia talvez teremos a pessoa é um verdadeiro sofrimento…pois estraga muito a gente, nossa auto estima, nossa vontade de viver à vida que temos, passamos à amar em silêncio que doe tanto, que machuca tanto, que feri tanto, é o bendito dia não chega.
        Hj é meu conselho é para todos não espere ou se jogam de vez é é ve que da ou tentam com outra ou outro….pois tem tanta gente bacana, gente linda, interessante que querem sim viver um lance legal. Com cada uma de vcs….eu sei que vcs vão falar é fácil falar quero ve vc aqui sentindo o que estou sentindo, sem forças.
        Já tive é já amei tanto enlouquecidamente uma mulher da msm forma que vcs amam hj durante anos é anos, até os defeitos dela eu amava.
        Só que com o tempo vc percebe que existe historia que não são para ser vividas é sim só para serem sentidas….tem coisas na vida que não é para ser, pq eu não sei mais não é para ser.
        Então mulherada vão viver, ou com quem vcs amam ou com um novo.

        Amar não é sofre!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s