Será que ela é lésbica ou bissexual?

Publicado: 10 de junho de 2013 em Bissexualidade feminina, Mundo LGBT
Tags:, , , , , , , , , ,

LésbicasEla não diz que sim, nem que não. E assim surgem milhões de dúvidas. É realmente difícil saber se uma mulher está interessada, se está com medo ou se é apenas uma coisa da nossa cabeça.

Ela olha fixamente nos olhos, mas ao mesmo tempo diz que nunca pensou nisso. Fala que você é bonita, mas nada além disso. Troca mensagens diárias com você por e-mail e pelo celular. Te liga à noite para dizer que está com saudades. Sim, é possível acreditar que exista algo a mais. Mas não é uma regra.

Recebi muitas histórias de sucesso. Mulheres que insistiram em amigas que antes negavam até a morte que poderiam beijar outra mulher. Elas tinham medo, muito medo. O fato de se envolverem com uma mulher causava certo estranhamento, algo diferente que elas preferiam evitar. É um desejo que “pode ficar guardado”, é o que muitas se forçam a acreditar. E para muitas mulheres até fica, infelizmente.

Mas há casos em que a nossa paixão nos engana; o desejo é tanto que começamos a romantizar tudo. Qualquer “eu te amo” fraternal vira sinônimo de interesse. As mulheres são mais carinhosas e você pode se enganar com algumas situações. É sempre bom tentar ler esses sinais e não cair em um erro de interpretação.

Cheguei em alguns momentos a acreditar que todas as pessoas poderiam ser bissexuais. Hoje tenho dúvidas. Algumas amigas – que me falariam tudo – juram que nunca tiveram interesse por nenhuma mulher. Mas elas também não descartam a possibilidade de um dia se envolverem com uma.

Há esperanças para tudo. Mas não as alimente tanto assim para não sofrer muito depois. Ou se jogue de cabeça e saiba lidar com a situação.

Anúncios
comentários
  1. ClauW disse:

    Seu blog foi um ACHADO pra mim, estou com muitas dúvidas, insegurança, e medo!!! Sou casada, tenho filhos, mas desde muito jovem já me via pensando em mulheres e sentia muito prazer assistindo filmes onde haviam mulheres transando, e só agora que deixei a vontade e o desejo transparecer mais. Depois de muito conversar com meu marido, que aceita muito bem meu lado BI, tomei coragem e passei a procurar mulheres q pudessem realizar meu desejo. Já tive experiências com outras mulheres, e agora tenho uma pessoa que é minha amiga, mas não me encorajo para falar abertamente com ela sobre o que sinto. Estou cada dia mais interessada nela, e tenho q tomar cuidado pra não falar nada de errada e acabar desmanchando nossa amizade.

  2. Erica disse:

    Amiga…bem vinda ao clube, você não está só…Não é um alien, pode acreditar. Também sou casada, com filhos pequenos e também assumi pra mim recentemente essa atração por mulher. Mas diferentemente de você, penso em me separar e viver isso em outro momento, pois não quero trair meu marido e não consigo me dedicar a duas pessoas ao mesmo tempo. Amiga, te digo que sei que isso vai acontecer pra mim em algum momento e já tirei a ansiedade do coração. Primeiro, vou à luta, refazer a minha vida. Depois, livre, pretendo encontrar um amor e aí sim dar vazão a tudo o que ainda não vivi. Quero me apaixonar, me dedicar, e protagonizar um amor só meu. Se você é feliz assim, ótimo, viva a sua vida, ainda mais porque não há empecilhos por parte dele. Seja feliz. Beijão

  3. Luciele disse:

    Não sei o que fazer. Eu gosto de uma moça que trabalhava comigo há mais de 1 ano e alguns meses, não sei se ela curte, mas no começo da paixão ela começou a dar “sinais”, tipo tocando na minha mão, no começo não liguei mas depois comecei a gostar dela e gosto até hoje. Faz 1 mês que saí da empresa, nós duas nunca falávamos muito, era difícil a gente trocar umas palavras, se cruzar no banheiro, etc. Todo dia torcia pra gente ter uma boa conversa, das poucas que tive com ela, pude perceber que a gente combinava em muitas coisas, exceto o fato dela ser mais agitada e saideira e eu ser mais quieta e caseira.

    O estranho é que quando ela estava muito perto de mim, sentia repulsa, como se ñ tivesse curtindo a presença dela, mas quando longe, torcia pra que pudéssemos ficar mais juntas possível. Depois da saída da empresa, ela me enviou um bom dia e trocamos algumas mensagens, até que recebi uma msg de madrugada que ela queria ir na casa de um cara, claro que era errado e a partir daí nunca mais ela me mandou msg.

    Mandei outras msg, de humor pra ver se ela dava um sorriso, mas nunca mais ela me respondeu. Ela não me procura mais, estava tentando esquece-la mas não consigo. Deve ser pq ela tem muitos amigos, enquanto eu sou forever alone, não saio de casa e não tenho amigos. Pensei em ligar pra ela ou mandar outras msg, mas meu orgulho não deixa. O que eu faço gente? Me sinto perdida e não consigo tirá-la da minha cabeça. Sou extremamente carente.

  4. Kaylaine disse:

    Bom dia… hj por conta de algumas situações que eu vivo, resolvi pesquisar sobre o assunto e encontrei o blog, que por sinal me ajudou muito,a ter certeza de algumas coisas que eu ja imaginava, … fui casada por alguns anos, meu marido veio a falecer,… hj, me surgiu interesse por uma amiga minha, eu sempre tive curiosidade de saber como era ficar com uma menina, mas essa menina em questão, hj tbm demonstra certo interesse por mim, ela ficou apenas uma vez com um menino, não usa maquiagem, não roupas muito femininas, mas tbm não abre mão da calça jeans super coladinha… gostaria de alguém que eu pudesse contar melhor oque estou vivendo, afinal algo novo pra mim, porém assunto dificil de ser falado com qualquer pessoa… desde ja agradeço… e o blog é ótimo…. bjos..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s