Como conquistar uma mulher mais velha

Publicado: 23 de março de 2013 em Bissexualidade feminina, Mundo LGBT
Tags:, , , , , , , , ,

lesbian-datingQuando eu entrava no bate-papo para conhecer mulheres, lembro que muitas meninas mais novas só queriam conversar com mulheres mais velhas. Uma vez, iniciei um papo com uma garota de 18 anos. Na época, eu tinha 25. Ela perguntou minha idade e depois disse que não queria mais conversar. Perguntei o porquê e ela respondeu que estava a procura de mulheres acima de 30 anos. Ela queria alguém experiente.

Achei uma besteira aquilo. Experiência é algo relativo. Existem mulheres de 40 anos que quase não tiveram experiências sexuais, por exemplo. E outras de 30 que podem contar um livro sobre isso. No quesito homossexualidade então, nem se fale. Muitas mulheres começaram a experimentá-la muito tarde e às vezes não sabem nem como iniciar uma conversa (com segundas intenções) com alguém do mesmo sexo.

Uma leitora me confidenciou que está apaixonada por uma mulher 10 anos mais velha que ela. Ela não sabe como abordá-la. Tem medo de que ela a ache uma criança. Realmente, muitas mulheres mais velhas têm essa cabeça e fica mais complicado tentar uma abordagem.

Mas, por sorte, tenho um case de sucesso para a contar a vocês. A minha namorada é cinco anos mais velha do que eu. No início, tive esse mesmo receio. Antes dela, só tinha saído com mulheres da minha idade ou um pouco mais novas. Quando a minha namorada disse a idade bateu um “medo”, mas mesmo assim decidi ir adiante.

No nosso primeiro encontro conversamos bastante. Percebi que ela realmente tinha me achado mais “novinha”, muito “menininha”. Então engatei um papo mais sério. Disse o quanto era responsável e comecei a refletir o que eu achava sobre a vida. Reparei que o tom mudou um pouco. Achei que talvez ela tivesse começado a me ver com outros olhos.

Ainda não tinha sido suficiente. Como eu estava muito nervosa, o primeiro encontro foi muito bom, mas eu ainda não estava segura sobre o que ela havia achado sobre mim.

Quando cheguei em casa no dia pós-encontro, mandei uma mensagem no celular dela dizendo que tinha adorado conhecê-la e que gostaria de repetir a dose. Ela não marcou data, mas disse que isso poderia acontecer.

Voltamos a conversar nos dias posteriores e marcamos um novo encontro. Atitude conta muitos pontos com mulheres mais velhas. E funcionou com ela. A segunda vez foi ainda melhor. Mostrei quem eu realmente era e ela também. Nos sentimos mais à vontade. Eu estava menos nervosa e menos insegura. Diferente dela, que desde o primeiro dia mostrou mais segurança – ela falava bastante também, o que eu achei ótimo (risos).

Acho que não há muito segredo em tentar conquistar uma mulher mais velha. Basta ela perceber quais são as suas verdadeiras intenções. É lógico que conta muitos pontos o fato de você ser uma pessoa responsável e com uma cabeça mais “formada”, mas o mais importante é sempre mostrar quem você é de verdade. Não adianta querer inventar palavras ou situações para impressionar. Uma hora ela vai perceber que aquilo não é verdadeiro. E se ela for a pessoa certa pra você, nada melhor do que a verdade para agilizar esse processo. Boa sorte!

Anúncios
comentários
  1. K.R disse:

    Outro case de sucesso eu namoro uma mulher 10 anos (ela 38 eu 28) mais velha do que eu. Agente se conheceu na net. O nosso encontrou demorou mais de um mês, pois ela não queria se envolver com mulheres mais novas. No nosso primeiro encontro agente conversamos bastante, eu que sou tímida sabia que se ficasse calada e não mostrasse atitude, não teria outra oportunidade de ver-la novamente. Na hora de ir embora ela me acompanhou até o carro e qdo chegamos próximo ao carro dei um beijo nela sem mesmo pergunta se podia, beijo que foi correspondido amei, ela ficou me chamando de doidinha pq estávamos na rua perto de um bar onde todos estavam vendo rsrs. Chegando em casa mandei uma msg no cel dela dizendo que tinha adorado conhecer ela e que gostaria de ver-la novamente. E de imediato ela respondeu: “também gostei de te conhecer. Seu cheiro, seu bjo, seu sorriso lindo. Tudo muito bom! amei a conversa e quero muito te ver de novo bjs.” adorei receber a msg dela e no dia seguinte já marcamos de nos ver. A idade não era o único empecilho entre agente. Eu sou evangélica era meu primeiro envolvimento com mulher e não sou assumida, pois isso ela não queria se envolver comigo tiver que batalhar pra conquistar a confiança e o amor dela. Hoje estamos juntas a quase um ano porem escondida da minha família pois se assumir pra minha mãe ela me expulsa de casa. Mas em breve irei assumir pq já estamos planejando de morar juntas. Ser sempre sincera, responsável e saber o que realmente quer da vida ajuda e muito na hora de conquistar uma mulher mais velha. Bjus

  2. Bianca disse:

    T.T Levei um fora hj… Fui no shopping com meus amigos e mandei umas indiretas p minha amiga (q disse q já teve experiencia homossexual, e por isso me senti confiante de abordá la..) pela SMS no celular, aí uma hora ela falou (sutilmente) que não ficaria cmg =SS

    Aiin >.< Estou me sentindo horrível. To com medo de nossa relação de amizade mude e que fique com aquele clima estranho… Oq eu faço? =´(

    • Naara disse:

      Vixii, q pior”.. Leva um fora desses fico depre uns tres dia.. HSAUSHAUHSHUAUS”

    • Mulher sincera disse:

      Faz o seguinte, não faça nada. Ela já te conhece suficientemente pra dar valor a vc, se não quer ficar com vc, paciencia, quem ta perdendo é ela! Quem sabe depois ela não percebe que vc é bacana e que ela vacilou nao te querendo…. 🙂 Bola pra frente!…. Ahhh… haja como se nada tivesse acontecido….

  3. Joana disse:

    Oi Bianca! Tudo bem? Puxa que merda isso :/ Mas olha ao menos foste bastante corajosa e assim não ficas a pensar nos ” ses”, se ela tb sente alguma coisa, etc.
    Se ela ja teve experiencia homossexual duvido que ela mude ctg, em relação à vossa amizade. Inicialmente quando se verem pode existir algum desconforto mas acredito que tudo ficará bem 🙂

    • andréia garcia disse:

      Ola, Bianca, meu interesse por mulheres começou pela minha professora de dança, que começou a ficar bem íntima minha. Ela ja era experiente no assunto e me seduziu tanto que me apaixonei, mesmo eu sendo casada com um homem.. Acredita que quando me declarei pra ela, a cadela disse que só poderia me oferecer a amizade dela ? Pensa como eu fiquei?! Além de descobrir que eu gostava de mulher ainda levei um grandessíssimo pé na bunda! Mas linda, você supera, pode ter certeza que quem perdeu foi ela. bjs

  4. Bianca disse:

    Obg >.< Estou com orgulho ferido e um certo arrependimento, mas acho q vou conseguir esquecer depois de algum tempo, espero… Na verdade, essa foi a primeira vez q eu tive iniciativa em abordar alguma mulher, pq sou bem tímida…
    Só estou com medo de que a nossa amizade mude, e no q uma outra amiga minha vai pensar (ela viu a msg sem querer)… Na verdade estou com medo de preconceito das pessoas.. Meus amigos não vão me tratar diferente se ficarem sabendo disso, né? =´(

    • Joana disse:

      Bianca olha se gostarem verdadeiramente de ti não vão mudar não. Olha ate hoje so me envolvi com uma mulher por quem acabei gostando ( apesar q a historia nao teve um happy ending mas nao me arrependo em nada). Eu sou muito fechada para falar de mim mas acabei contando que sou bi e da minha historia com esta mulher aos meus amigos proximos e a reacçao foi otima.
      Claro que tens de ver mais ou menos como são as pessoas a quem contas. Os meus amigos são tudo pessoas com mente aberta, via pelo teor das nossas conversas mas claro que é sempre um risco. Tb tive esse medo principalmente com as minhas amigas. Começava a imaginar se iriam mudar comigo, se iriam ter medo que por eu admitir atracçao por mulheres que tivessem medo que desse em cima delas ou sei la, que evitassem programas sozinhas comigo. Contei tudo e ate lhes comentei esse meu medo e elas disseram para eu nao ser idiota. Não mudou nada, alias, se mudou foi para melhor, porque ao menos são pessoas com quem eu sinto que posso ser totalmente eu própria, que conhecem a verdadeira Joana, são pessoas a quem posso desabafar que tou triste porque gosto da mulher x e nao preciso inventar que a pessoa em questão é um homem, são pessoas que sabem que continuo a mesma pessoa que era anteriormente e que me apaixono por pessoas, que tou a borrifar-me se é um homem ou mulher e gostam de mim como eu sou. E não há nada melhor do que isso, de sentires que tens pessoas que te conhecem exactamente do jeito que es e com quem podes ser sincera 🙂

    • Manú Keith disse:

      Bianca. A primeira vez que eu me declarei para uma garota foi para uma colega de faculdade. Eu achei que ela estava me olhando diferente. Hoje eu penso que ela me seduziu discretamente porque suspeitava que eu fosse lésbica e queria ter certeza. Quando eu me declarei ela me deu a entender que não ficaria comigo. E depois disso eu me arrendi amargamente de ter me revelado para uma pessoa que não só não ficaria comigo como poderia sair espalhando pra todo mundo que eu era lésbica quando nem eu mesma sabia o que eu era. Depois do fora eu fiquei morrendo de medo que ela falasse com os demais colegas da turma sobre mim. Mas nada mudou, acredito que ela tenha conversado sobre isso com as pessoas íntimas dela e até que os meus colegas da classe devem ter ouvido uma fofoca em algum momento mas ninguem mudou comigo. Quem não ia com a minha cara ou não me deva abertura antes do fato ocorrido continuou sem ir com a minha cara e sem me dar abertura. Quem era meu colega de verdadade, aquelas garotas com quem eu estudava, conversava coisas íntimas, viajava, as que faziam a minha matricula pra mim porque sabiam que a minha hiperatividade me atrapalhava, essas continuaram a ser amigas e amigos verdadeiros.
      Depois de alguns anos encontrei essa moça que me deu o fora no supermercado. Eu estava passando as compras no caixa com o meu marido e ela estava com a namorada dela aguardando para embrulhar um presente. Vá entender !
      Beijos

      • blogsoubi disse:

        Manú, essa história é ÓTIMA! Vai ver ela teve medo de assumir esse sentimento na época. Hoje, casada com um homem, você ainda tem vontade de se envolver com mulheres? Se puder falar sobre isso, gostaria muito de saber. Caso contrário, não tem problema. Abs!!

  5. Jani disse:

    Gente tipo eu sou apaixonada pela minha melhor amiga, ela tem 30 anos e eu 20 anos.. mas o problema nem é isso, é que ela é casada e eu nao sei mais o que fazer, eu nao consigo me afastar!! eu contei pra ela dos meus rolos com garotas e pra ela tudo bem, só que dai eu começei a dizer que sonhava com ela, que sentia tesão e tal e ela disse que tinha perigo ela beber e cobrar o que eu tinha feito com ela no sonho, disse que nao achava ruim essas conversas e ainda falou que tinha vontade e curiosidade mas nenhum tipo de coragem depois disso entrei em um joguinho que quando a gente ficava só eu tentava beijar só consegui roubar selinho e ela me tocou* tambem e eu a toquei um pouco, ai depois disso ela disse que ela melhor parar.. só que eu a cada dia mais apaixonada por ela e me declarei mesmo de dizer que tava super apaixonada, ela disse que sentia muito por não sentir esse mesmo sentimento e pediu pra fingir que nada aconteceu e tipo eu consigo fingir,de ta sozinha com ela e nao tentar ou nao conversar sobre isso com ela, mas isso me doi por dentro, ver ela com o marido beijando, abraçando..e eu sou muito besta estilo mulher mesmo quando ta bem apaixonada, faço de tudo por ela, compro presentes caros ou presentes fora de datas importantes!! o que eu faço gente?? eu nao consigo me afastar dela e tipo as vezes nao abro mão de conhecer outras pessoas porque gosto dela.

    *Post editado pelo BlogSouBi por conter palavra de cunho sexual

  6. Juu disse:

    Oinnn; que situaçâo em? Olha eu passei por algo muito parecido, tmb gostava d uma mulher casada e mais velha, demorei muitoo pra esquece-la. Um conselho q eu dou pra vc é tentar conhecer novas meninas e quando pensar nela imagina outra coisa: seus amigos chama eles pra sairem cm vc pra c divertir sei la e SE afasta dela, procura n fkar sozinha cm ela pois ai vc vai ter vontade de beija-la, abraça-la e etc né?
    Boa sorte pra vc
    Bjinn.

  7. mayara disse:

    meu caso tbm é parecido,minha namorada tbm é 5 anos mais valha que eu,quando eu soube fiquei meio receosa de tentar me aproximar,principalmente por saber que antes ela namorava uma mulher mais velha que ela,mas consegui e tive atitude de procura-la perguntar se podiamos conversar,demonstrar que fiquei interessada,abordar uma papo bacana tbm é interessante e conta muito,depois de um tempo ela disse que no inicio não tinha ficado muito afim pelo fato da idade,mas depois com o tempo ela viu que isso não fazia diferença,foi muitoo bom pq eu tbm prefiro meninas mais velhas apesar de nem sempre fazer diferença.Ah!a unica coisa chata é as vezes os comentarios dos amigos dela do tipo…pegou pra criar;papa anjo essas coisas mas nós levamos na esportiva e fica tdo bem!

  8. Aline disse:

    Meu caso foi esse: me relacionava com homens na maioria das vezes, até conhecer a Ana*. Ela é mais nova que eu uns 7 anos… a idade nada influenciou porque a afinidade foi imediata, tínhamos tudo pra engatar um bela história, mas o fantasma da sua ex nunca nos deixou em paz. Mas valeu, foi umas das melhores relações que tive, já penso em conhecer outra mulher e de repente viver uma outra história bacana novamente. Não tenham medo de investir somente pela diferença de idade, é bobagem. 😉

  9. Karolina disse:

    Estou passando por esse mesmo processo tbm,fico insegura e vervosa quando estamos perto mais isso tem diminuido a cada encontro,sou bem mais nova que ela e no início isso trouxe “medo” mais agora isso só é mais um detalhe na nossa relação,um detalhe até bom pq tenho aprendido muito com ela.

  10. thata disse:

    esses sao os pontos mais fodasticos da minha relacao com minha ex,ainda nos amamos mas por causa da familia dela nunca assumimos e namoramos durante 3 anos e detalhe minha mae sabe mas n apoia pq ela é 5 anos mais velha q eu,faco 20em maio e ela fez 25,enfim estamos num pé d guerra,n sei oq fazer,amo dmais mas ela n quer assumir ,um dia díz q me ama q quer ficar comigo no outro me ignora dizendo q n me quer q agente tem q parar,e p completar a irma dela sabe e fez minha cavera p ela,p agente terminar,e fica assim,eu n me controlo mando msn e entro n face dela,agente briga ela n quer q saiu com minhas amigas mas enfim n me quer.e eu faco oq?aff kk muito confuso.me ajudem!!

    • Joana disse:

      Oi Thata, você ainda é muito nova e pode conhecer novas pessoas, acredito que em um relacionamento deve haver trocas…se ela de alguma forma te esnoba é porque não sabe o que quer ou porque não gosta de você, e acredite tem muitas mulheres que querem ser amadas, não acredito que a idade conte tanto, mesmo porque não é uma grande diferença assim, parte para outra…de repente ela mesma consegue enxergar o que está perdendo e vai atrás de uma forma mais responsável e respeitável.

  11. Joana disse:

    Meninas, adorei as histórias de vocês, e tenho vivido uma situação parecida.
    Sou lésbica e tenho 35 anos e estou interessada em uma mulher 15 anos mais velha, eu não vejo empecilhos…mas não sei qual é a dela. Não sei se vocês concordam, mas as mulheres são as vezes cruéis, pois, as vezes elas demonstram muito o que querem e ao mesmo tempo fazem um joguinho de “não estou nem aí”…isso me parece duas coisas…esperam de você atitude, ou esperam que você massageie o ego delas, mas penso minhas amigas que seja lá como for, a gente tem que ir atrás e ver do que se trata.
    Embora a gente possa se arrepender por ter se exposto, a gente também pode ganhar mais coragem, mais auto-estima e uma coisa é certa, a gente não vai olhar para trás e se perguntar: E se eu tivesse tentado, será que teria dado certo??A dúvida dói mais do que qualquer declaração…então, se tiverem que ver se alguém será a eleita do seu coração, vá lá e procure a resposta, afinal na vida a gente só ganha experiências, segurança e um grande amor tentado…
    ah, só um detalhe…não nos esqueçamos de tentar com elegância, porque eu como mulher acredito que a abordagem conta muito, uma abordagem elegante e discreta desperta o interesse e nos protege mais das más línguas.
    Parabéns a autora pelo blog.
    Grande beijo meninas e boa sorte para nós.

  12. wellington disse:

    nossa eu gostei bastante ela sugestão eu gosto de uma mulher de meu trabalho eu tenho 18 e ela tem 40 mas ela é maravilhosa meiga perfeita e quero muito comhecer ela a mais e eu ja percebi que ela não liga para a idade pois ela já namorou com um rapaz de 18 anos

  13. Esther disse:

    Meninas, estou precisando muito de ajuda, como no post, eu realmente não sei como iniciar uma conversa com segundas intenções com uma mulher e eu conheci através de uma amiga uma mulher linda em todos os sentidos, mas eu acabei de fazer 20 anos e ela tem seus 33 anos. Saímos umas três vezes mas apenas em turma de amigas, mas acho que ela já está sacando meu interesse, mas não demonstra nada, aliás, as vezes ela me da umas patadinhas de “brincadeirinha” e as vezes é super legal, percebi isso ontem, quando fomos pra casa de uma amiga minha que nos apresentou. Apesar de ter 20 anos eu sou muito séria e responsável, principalmente com minha faculdade, eu queria mostrar isso pra ela, mas não sei como e não sei se devo conversar com ela e falar alguma coisa ou só chamar ela pra sair só nós duas, me ajudem?! (:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s