Por que há poucas reações contra a violência a um casal homossexual?

Publicado: 21 de fevereiro de 2013 em Mundo LGBT
Tags:, , , , , , , , , , , ,

violência-contra-homossexuaisNão paramos de ouvir histórias apavorantes sobre a violência contra casais homossexuais. Eles são agredidos nas ruas, nos trens, metrôs e até dentro de estabelecimentos. E por que sentem medo? Porque, na maioria das vezes, ninguém faz nada contra essas agressões.

Uma leitora me recomendou um texto muito interessante de uma blogueira do Yahoo. O artigo aborda a história de uma lésbica agredida em um trem de São Paulo. Ela sugeriu a um homem que segurasse a mochila na frente do corpo para não machucar as pessoas. O homem começou a agredi-la verbalmente e depois socou o seu rosto. Ele “justificou” a agressão dizendo que ela tinha jeito de homem e então deveria ser tratada como tal.

As pessoas ao redor, em vez de ajudarem, riram. Acompanhada de sua namorada, ela desceu do trem envergonhada e pediu socorro a um segurança do metrô. Segundo a garota, ele disse que não poderia fazer nada. O delegado de polícia também não prestou nenhuma assistência.

Por que elas não receberam nenhum tipo de suporte? Acredito que muitos indivíduos apenas dizem não ser preconceituosos, quando na verdade o são. A violência serve para amedrontar os casais homossexuais e mostrar a eles que “não podem sair por aí fazendo o que bem entenderem”. É uma forma de dizer que eles não podem andar de mãos dadas ou se beijarem, porque o “mundo é dos heteros”.

De quê essas pessoas tanto têm medo? Qual será a grande mudança na vida delas em ver homossexuais andando tranquilamente pelas ruas? É algo que ainda estou tentando entender…

Enquanto fazemos essa reflexão, vejam o vídeo do casal de namoradas que foram desrespeitadas.

 

Anúncios
comentários
  1. Dany disse:

    Por essas e outras que fico revoltada com o preconceito dentro do proprio meio, com mulheres bofinhas, com bissexuais, poxa!! Já não basta ese descaso e essa violência conosco la for,a ainda fica com criancice dentro do proprio meio??? Uma coisa é n aceitar, outra é vc sair agredindo alguem por n aceitasr a condição sexual dela!! Pq eu n sinto atração por pessoas negras e transexuais eu saio agredindo?? Isso é igbnorancia e é ridiculo!!

  2. Dany disse:

    E tem mais uam coisa: se mulhs ou bofinhas n tivessem sensibilidade, a mesma q as femmes tem, se quisessem ser homens, vcs acham q ela estaria assim, fragilizada e assustada, gravando esse video chorando?? Dá pra perceber o quanto ela está assustada e abalada, se quisesse pagar de macho ela agiria de outra maneira, iria gravar um video tirando sarro, provocando, xingando, e não, ela n fez NADA disso! Acho q as pessoas precisam PARAR de julgar pela aparencia, ela é mulher e só quer respeito como todas nós, será q é tão dificil entender isso?? A gente tem q julgar as pesoas pela atitude, n pel aparencia. O respeito tem q começar pro nmos, dentro do meio, dai a gente luta pelo direito de sobrevivencia, pq sem respeito dentro do proprio meio, n tme UNIÃO e dai como q se luta contra o preconceito sem união e dissemimando mais intolerância na proprai comunidade GLBT, quand ovc culpa certas pessoas pelo preconceito q vem de fora, quem discrimina n vai deixar de fazer iisso aconteça o q acontecer. E esses fdp ainda vem dizer q Deus n gosta de homossexuais q vai mandar pro inferno, e eles vão pro céu pq? Com q direito? Quero saber!! Acham q Deus tá contente e aplaudindo tudo isso, etão muito enganados!!

  3. Viviane disse:

    Nossa! Eu não sei nem o que dizer… Fiquei muito abalada c isso! E pensar que, como elas disseram, não se trata de um caso atípico. Isso acontece msm! Se nós realmente queremos ser tratados como seres humanos temos muito p lutar! Quero que logo essa situação de medo não exista mais e que possamos ser verdadeiramente nós mesmos. Sem nenhum preconceito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s