A bissexualidade masculina

Publicado: 9 de outubro de 2012 em Bissexualidade masculina
Tags:, , , , , , , , , , , , ,

Os homens encontram em outros homens relações sexuais mais frequentes, intensas e variadas. Essas são as principais características que os fazem se envolver com alguém do sexo masculino, segundo a terapeuta Marina Castañeda, autora do livro “A Experiência Homossexual“.

Em seu livro, ela cita o depoimento de um homem bissexual, de 52 anos: “Para mim, o sexual e a estética encontram-se do lado dos homens; o afetivo, mais do lado das mulheres. A bissexualidade parece-me a escolha ideal”.

Outra questão citada pela autora é que apesar de se sentirem extremamente atraídos por outros homens, os bissexuais gostam também da estabilidade e dos filhos que um “casal heterossexual” pode oferecer.

Acredito que muitos homens irão concordar com esse depoimento. Um leitor, recentemente, também levantou a ideia de ter um relacionamento sério com um homem e com uma mulher. Justamente porque cada um pode oferecer algo diferente e interessante.

A mulher, nessa história, ao que me parece, acaba sendo escolhida geralmente pelo dom de gerar filhos. Se os homens também tivessem esse privilégio, talvez essa matemática fosse diferente.

No caso do personagem do livro de Marina, ele também cita que consegue manter uma relação mais duradoura com uma mulher, enquanto com os homens acaba sendo algo mais “superficial”, que dura pouco.

Vou fazer uma provocação aos homens nesse sentido. Acho que muitas vezes, alguns homens veem as mulheres quase como uma mãe, uma figura que poderá cuidar deles para sempre. Ela é mãe dos filhos, ela é quem cuida de mim, quem faz a comida, quem “resolve as coisas”. Tudo isso dá uma enorme sensação de segurança. Está tudo errado. Parem já com essa história, esse pensamento faz qualquer relação desabar. Quem quer fazer algo “variado” com alguém assim? Obviamente as mulheres são chutadas pra escanteio e no lugar delas vem alguém do sexo masculino oferecer o verdadeiro prazer. Acredito que isso possa acontecer mesmo que a mulher seja uma incrível parceira sexual, mas é mais difícil.

Ao mesmo tempo há aqueles homens que preferem o sexo masculino, mas se escondem atrás de uma mulher. Eles, na verdade, têm um enorme preconceito dentro deles e precisam de uma relação tradicional para mostrar à sociedade (e principalmente á família) que são homens de sucesso. Então não se permitem amar um homem – ou pelo menos admitir isso.

Sinceramente? Nenhuma pessoa no mundo pode oferecer absolutamente tudo o que uma pessoa gostaria, mas pode chegar bem perto disso. Então, se você quer viver uma relação estável, faça sua a escolha. Caso contrário, fique solteiro e aproveite um pouco do que muitas pessoas podem te oferecer.

Escrevi esse post depois de receber vários comentários de homens me pedindo para abordar o assunto. Gostaria que vocês se manifestassem, meninos. Talvez vocês digam coisas que não saibamos.

Meninas, e vocês, o que acham?

 

Anúncios
comentários
  1. Joana disse:

    Muito interessante a tua teoria Amanda e tambem penso assim. Agora eles que se manifestem, tou curiosaaa 🙂 Parece-me que este post sera muito comentado..

  2. Dany disse:

    Eu adorei a foto e o cara do meio com essa cara tipo “Ê, QUEM Q EU PEGO PRIMEIRO HÃ?!” kkk brincadeiras a parte, eu não tenho muito contato com homens bissexuais, mas na minha concepção eles pensam e agem diferente dos homens heteros, pq eles não carregam aquela obrigação de se fazer de machos pra serem respeitados, de mandar na mulher, acho q pelo fato de amar homens tambem! Com relação a querer algo interessante de ambos o sexos, isso pode sim acontecer, vai depender da necessidade da pessoa naquele monmento da vida dela, as vzs ela n quer escolher, e sim, vivenciar as duas experiencias simultaneamente pra ver como se sente, quem somos nós pra condenar? Tem gente q se sente bem assim, oras! Há homens bisexuais q não tem preferencia, gostam de ambos, mas a maioria dos q eu ja conversei, na verdade poucos, preferem o sexo masculino como companheiros pra vida toda, alias, como quase todo bissexual costuma preferir alguem do emsmo sexo pra levar uma relação mais séria, aind penso no fator, “modo de pensar, querem, gostam e sentem as mesmas coisas” justamente pro serem do mesmo sexo. Por exemplo, as mulheres sendo mais afetivas, sensiveis, irão procurar alguem q as entenda melhor em seus momentosde angustia ou q ela precise ouvir coisas q a façam se sentir melhor; por outro lado os homens, por terem uma natureza mais sexual, irão procurar parceiros que queiram ou esperem a mesma coisa q eles em relação ao ato sexual, o mesmo tipo de exito e satisfação, pelo menos é o q vejo, mesmo que ainda haja alguma atralção pelo sexo oposto, a escolha e preferencia por alguem do mesmo sexo ainda se dá por esses aspectos biologicos de cada genero, e há quem se sinta mais ligado e mais completo com pesoas iguais devido a eles!

    • blogsoubi disse:

      Verdade, Dany! Sempre procuro não julgar também. Mas acho que fica mais fácil tomar decisões para ninguém se machucar. Mas isso não significa que a pessoa que escolheu ficar com alguém do sexo oposto possa depois, em um possível término, se envolver com alguém do mesmo sexo, não é? Abs! Amanda

  3. Felipe disse:

    Olha eu aqui de novo… pois bem… concordo parcialmente com o que está escrito. Eu por exemplo, tenho como citei antes um problema estético, um hemangioma bem grande na barriga, isso sempre me fez afastar das pessoas. Atualmente faço tratamento à laser. Mas meu objetivo sempre foi terminar o tratamento e começar a sair com homens e mulheres, por modéstia à parte sempre fui muito flertado tanto por homens, quanto por mulheres.
    A ideia à princípio era curtir bem a solteirice e mais tarde casar com uma mulher e ter filhos. Eis que encontro na net um cara incrível.
    Talvez muitos homens bissexuais vejam na mulher uma figura materna, possível candidata-mãe de seus filhos, alguém em quem ele vai ter segurança. Mas a mulher pra mim é isso e muito mais, Uma mulher cheirosa, de cabelo comprido, solto, bem humorada me cativa, se for bonita e atraente então vixi… Adoro a feminilidade que há na mulher, assim como também curto a masculinidade que há no homem.
    Eu me excito, eu sinto tesão e vontade de ficar com mulher, com quase toda mulher que eu acho atraente, com homens não rola isso sempre não. Não são todos que chamam minha atenção. O cara com quem eu tc e me relaciono a quase dois anos, nem se encaixa nos padrões de beleza que eu aprecio em um homem, ele é bem magrinho e olha que sempre gostei de caras encorpados, mais próximo do meu biotipo mesmo. Embora ele tenha uma boca carnuda e tatuagens que chamam minha atenção.
    O engraçado é que…o que nos atrai no outro, não é só atração física, até mesmo porque: ficamos praticamente um ano sem mostrar nada um ao outro, na verdade, em um ano e meio ele mostrou só a boca e uma tatuagem pela cam e eu nunca mostrei nada. Faz aproximadamente um mês que eu me mostrei quase que por completo, mostrando rosto e corpo pra ele, só não mostrei minha barriga por conta do hemangioma, ele correspondeu e também manda com frequência fotos, mandamos e-mails de amor, videos, letras de música…
    O problema é que eu nunca me vi ao lado de um homem, ainda mais apaixonado, pensava sim em sexo casual ou uma aventura qualquer… mas me apaixonar desse jeito nunca. E nesse tempo que estou com ele, também senti um certo afeto por outras mulheres, o problema é que me sinto mal e culpado por isso, gostaria muito de ser 100% hetero ou 100% homossexual como ele. É claro que não devo ir com muita sede ao pote. Mas é que eu sou o cara mais desconfiado do mundo, desconfio da minha própria sombra, nesse tempo todo que teclamos, percebi o quanto bacana e honesto ele é. Tentei terminar com ele várias vezes, não queria me envolver, mas ele sempre deu um jeitinho de me convencer que vale a pena tentar. E esse amor foi intensificando…Sabe uma pessoa apaixonante? Ele é exatamente esse cara. Ainda que a gente não tenha se encontrado fisicamente, eu tenho a mais absoluta certeza que vai dar certo. Somos muito parecidos.
    Mas o que eu faço com toda essa vontade, sentimento que nutro pelas mulheres? Sinceramente bissexualidade deve ser ótima pra quem não quer compromisso sério, em uma balada vc tem chance quase que de 100% de pegar alguém… Mas pra mim é a pior coisa que há. Gostaria que fosse uma fase, mas infelizmente acho que não é, hoje por exemplo, fui ao mercado, me peguei olhando tanto mulheres quanto homens, claro que mulher eu olho sem medo, sem pudor, já homens eu olho dando aquela disfarçada. Desejei tanto um quanto outro. Será que sou doente ou promíscuo ? A ideia de casar com uma mulher bissexual e ter um relacionamento extra-conjugal é uma entre tantas ideias que me ocorrem, afinal quero ter filhos, embora eu pudesse namorar esse cara e ficar eventualmente com mulheres… Mas não quero isso, eu me sentiria sujo, talvez a ideia de ter um homem e uma mulher seja loucura mesmo, só peço que a vida me guie a dar passos certos, de preferência magoando ninguém.

    • Dany disse:

      Olha meu chapa, eu entendo o q vc está passando. Esse ano tive uns revivals do meu passado q eu não gostei… mas felizmente já estou melhor!! Havia tido uma recadia por um ex amigo meu e senti atraida por um cara bi (só atração, nao me apego mais a homens), ao mesmo tempo q curtia estar com minha ex e ainda sentir falta de outra guria por quem me apaixonei ano passado, e ainda o desejo incontido de beijar e fazer amor com outras mulheres!! Foi estranho e perturbador!! Só q enquanto eu estava apaixonada por outras antes da minha ex, eu não pensava no meu passado, q praticamente já não existia!! E ficava pior, cada vez q eu escutava mniha ex dizer q bissexualidade não existe….qur dizer q vc não existe? A Amanda não existe?? Eu não existo?? As gurias daqui não existem?? Me explica isso DEUS!! Pra mim foi gostoso estar com ela, fisica e afetivamente,o toque e o beijo dela me excitavam pra caramba!! inclusive não sei pq, mas mesmo tendo demorado um pouco pra gostar mais dela, agora confesso que me senti mal por ela ter terminado comigo. E algo q me revolta é q as lésbicas acham q bi não leva a serio a relação lésbica, o q não é verdade, e elas tem a maldita paranóia de q serão trocadas por um homem, isso me irrita!! Conheço centenas de bissexuais q preferem mulheres, e se é assim, dificilmente as trocarão por um cara! Acho q pra mulher bissexual sempre rola mais preconceito, pq somos vistas como as rebeldes, as modistas, as que quere maparece e seduzir homens, ERRADO!! Eu JAMAIS deixaria um cara entrar em uma relaçáo minha e da minha namorada! Em TODAS as paixões que tive por mulheres, NUNCA fantasiei com um cara no meio!! Pra mim bastava tê-la comigo!! Com essa menina q me apaixonei, eu tinha e plena convicção q queria somente ela e mais ninguém!! Pena q não deu certo! Até hoje eu não me conformo!! Eu tambem me senti culpada quando relembrie do meu ex amigo, mas por questões de problemas q tivemos no passado, e por eu realmente querer permanecer ficando com mulheres!! Tambem desejei do fundo do meu coração sentir atração somente por mulheres, pra não me sentir assim, mas eu consigo ficar sem sair com um cara, afinal há 8 anos não saio!! Eu tenho preferencia por um sentimento mais carinhoso, mais afetivo, intenso e passional por mulheres, pq isso simplesmente vai alem de desejar o corpo delas e querer um beijo delas, mas é assim q acontece quando eu não fico com alguma q me interesso, até me apaixonar novamente! Mas as vezes me pego querendo de novo, sentir o q sentia quando estava com minha ex, sentir o beijo de uma mulher de novo, o toque, a pele… tocar, fazer amor, trocar palavras bonitas etc… pq me sinto bem amando desta forma!! Porem tenho uma certa dificuldade, na verdade com as pessoas.. mas pra n ficar confusa, decidi por um lado só, pq pesei na balança td q rolou, e tomei essa decisão!! Na verdade o q me atrai nas pessoas é a beleza e carater!! Se vc sente atração, o beijo pdoe ser bom com qualquer pessoa, talvez. Mas blá, aqui é o espaço dos homens bissexuais falarem né, so sorry, é q me empolguei!!

    • blogsoubi disse:

      Felipe, acho que para um bissexual (tanto homem, quanto mulher) é normal ir a algum lugare achar homens e mulheres bonitos. Não é promíscuo, você está apenas apreciando. O seu pensamento de ter um relacionamento sério com um homem e uma mulher também poderia ser válido se todos soubessem a verdade nessa história (como você já falou que gostaria que fosse). Mas ainda acho complicado fazer isso dar certo… Mas as pessoas são tão diferentes, que talvez você poderia ter sucesso nessa ideia. Como já falei por aqui, tento não julgar ninguém. Conheço que tem relacionamento aberto. Estão em uma relação hetero, mas vez ou outra ficam com gente do mesmo sexo, mas sem nenhum envolvimento emocional. Pra algumas pessoas, isso dá certo. Depende de cada um… Abs! Amanda.

      • Dany disse:

        Amanda, isso q vc dise se refere a casais bi ou até emsmo heteros que escolhem as vezes algumas mulheres “gostosas” pra se satisfazerem, ou a mulher deixar o maridão asistindo …. pra excita-lo, por isos não há envolvimento emocional, pq o foco ali é mais o casal, a pessoa é só uma co- adjuvante….abs!!

    • Denise disse:

      OI Felipe! Me identifiquei muito com o que você disse. Embora eu seja mulher, parece que vi um filme da minha vida amorosa quando li o seu comentário.

      Eu acredito em bissexualidade. Existe sim. Porém, ser bissexual é complicado mesmo. Também já pensei na possibilidade de casar com alguém bi, mas isso não me parece justo…

      Hoje em dia prefiro investir em um relacionamento só, ser fiel, me comprometer com o sentimento pela pessoa, sabe?

      Eu acho que a parte mais difícil de ser bissexual é ter que ESCOLHER com quem ficar.

      É mais fácil ser promíscuo, porque isso nos isenta da responsabilidade de assumir um compromisso com outra pessoa… seja um homem ou uma mulher.

      Acho que se vc está apaixonado, deveria investir nesse relacionamento… pelo menos para ver aonde vai dar. O máximo que pode acontecer é não dar certo. E se não der certo, bola pra frente! O que não nos mata, nos fortalece.

      Desejo boa sorte nas suas escolhas!!

      ;*

    • Marisol disse:

      Oi Felipe, entendo perfeitamente o que vc diz… Tbm sou bissexual. A diferença é que descobri isso (há pouco tempo) por causa do meu namorado. Ele sempre me falava que queria me ver com outra mulher e eu achava estranho, até mesmo pq tenho uma família religiosa e tal e essas coisas de pecado sempre ficavam na minha cabeça… Mas um belo dia eu me libertei desses pensamentos religiosos e preconceituosos e comecei a imaginar como seria eu e uma outra mulher. O resultado disso foi que eu comecei a perceber que eu tinha mesmo essa vontade… Ele conseguiu convencer uma amiga dele a sair com a gente. E nós ficamos os três. Foi maravilhoso, nunca tinha imaginado como era bom sentir a pele tão macia de uma mulher… E não foi só uma aventura, eu acabei gostando mesmo da menina e queria muito ficar com ela, sem deixar de amar o meu namorado. Ficamos mais algumas vezes, mas até que um dia ela não quis mais a gente. O fato de namorar um casal deve ter dado um nó na cabeça dela… afinal, como dizer a família que vc namora 2 pessoas de sexos diferentes? Só que o meu desejo por mulheres continua e nós não queremos só uma experiência sexual, queremos alguma mulher que seja nossa namorada… Creio que você, Felipe, deveria se permitir experimentar os dois sexos, dois amores… essa coisa de que só se ama uma pessoa é coisa que a sociedade coloca na nossa cabeça…

    • Eduardo disse:

      Na boa, até faz sentido um pouco do que diz, mas para quem é bissexual e um pouco bonito que seja toma flertes, mas me parece que você gira em torno da expectativa do tratamento e o que vai fazer depois, você parece desesperado, boa sorte.

  4. Andria disse:

    Eu tenho vários amigos homens e todos eles, sem excessão, me falaram que não existe homem Bi, ou seja, ou ele curte homem, ou ele curte mulher. O que fazem eles se intitularem Bi é o fato de que eles ainda não se conformaram com a ideia de desejar um homem e escondem esse sentimento se envolvendo com uma mulher, mas no fundo o que eles desejam mesmo é a pessoa do mesmo sexo. Mas as regras e os tabus sociais os fazem querer uma mulher para que eles possam constituir uma família dita “normal” (com mil aspas, lógico, porque esse conceito de normal é puramente social).Assim, no fundo eles são homossexuais, mas como essa ideia não é bem formulada na cabeça por causa de N fatores, eles são empurrados, quase que insconscientemente e obrigatoriamente, a se interessar por mulheres. Tudo isso por causa da repressão e do preconceito, bem como da ideia da reprodução masculina, da vontade de ter filhos e uma família convencional, como apregoa nossa sociedade patriarcal/capitalista e preconceituosa!!!!

    • Alan disse:

      Existe sim eu existo mais não posso assumir pq o preconceito da sociedade ainda é grande por isso a maioria dos homens bissexuais vivem quase que uma vida dupla se passando por hetero pra sociedade e pegando homens as vezes . o preconceito por parte das mulheres é mto grande se elas soubessem que eu sou bissexual nunca ficariam comigo e eu gosto mto de mulher tanto sexualmente quanto emocionalmente, porém sinto atração puramente sexual por alguns homens (só os que fazem o meu tipo que São os magrinhos e afeminados ), e não quero carregar esse estigma de gay pq é algo que eu não sou infelizmente o machismo faz com que nos mantenhamos no armário 😦

      • Erica disse:

        Cara, tú é corajoso hein. E também sincero. Tenho certeza de que algumas mulheres ficariam com você mesmo sabendo que você é bi. Mas a maioria não, com certeza.

    • blogsoubi disse:

      Andria, acho que existem homens que escondem a homossexualidade, como você comentou, mas também acredito que exista bissexualidade masculina. É o mesmo que acontece com as mulheres, mas como o Alan falou, os homens sofeem mais preconceito. Abs!!

    • Dany disse:

      Mano, e o q VC acha?? Qual é oi SEU pensamento a respeito da bissexualidade feminina e masculina? Eles não acreditam pq nbnã ovivem, ou por não terem conhecido homens bissexuais DE VERDADE, e sim, esses gays enrustidos q dizem ser bi, mas depois ficam só com homens, ou realmente tiveram a epoca bi, se relacionavam com mulheres, até gostaram,. mas teriam escolhido o lado homossexual ou calhou de ficarem mesmo com mais homens. Mas e dai?? Pq isso preocupa tanto as outras pesoas, e se acharme no direito de dizer q não existe? Enfim, eu posso dizer tambem q amor verdadeiro não existe, pq eu não acredito ter vivenciado um, até q apareça qalguem q me prove com verdadeiras ATITUDES q ele exista sim, isso eu não sei se vai acontecer, mas eu hoje acredito no seguinte, que algumas coisas existem sim, pra um grupo seleto de pessoas, enquanto pra outras eu já não sei, talvez não exista e nunca existirá, simples assim.

      • alan disse:

        primeiramente tudo começa como machismo e com a pornografia que faz com que o sexo entre duas mulheres seja mais aceito e em alguns casos até bem visto , e esse mesmo machismo faz com que a relação entre dois homens seja inadimissivel mais inadimissivel ainda se for dois homens masculos é como se toda a masculinidade e o moral do homem se perdesse no momento que ele beija outro homem, inclusive existem mulheres que pensão assim , na verdade o homem hetero(e ignorante) não acredita na bissexualidade masculina pq na realidade está querendo tapar o sol com a peneira pq grande parte dos que se dizem heteros são de fato bissexuais mais a maioria dos homens não admite que tambem pode sentir atração por outros homens alguns ficam só na fantasia outros levam uma vida dupla, então né pros caras que são 100% heteros ,bissexuais não existem é como vc disse se ele não tá inserido em um contexto que o leve a conhecer essa realidade esse individuo acaba se deixando levar pelos preconceitos por que não tem contato com um bissexual ou pensa que não tem

        ps:entre nos homens esse tipo de coisa não dá pra contar nem pro melhor amigo alguns vão com esse segredo pro tumulo

  5. Denise disse:

    Querida Amanda, como foi o seu processo de auto aceitação? Foi difícil? Tem algum post sobre isso aqui no blog?

    Muitas vezes me pego pensando sobre isso… pois o mais difícil é se aceitar, né?

    • blogsoubi disse:

      Oi, Denise, tudo bem?? Não foi tão difícil meu processo de aceitação, porque eu já tinha uma cabeça mais aberta. Se tivesse acontecido quando mais nova, talvez tivesse sido mais difíCil. Já falei algumas coisas no blog sobre o assunto, mas acho que seria legal retomar. Vou fazer m post sobre isso para compartilharmos experiências. Abs! E bom te ver por aqui de novo, Denise!

      • Dany disse:

        Amanda, se nã ofor incomodo pra ti, goataria que vc retomase masi exclusivamente sobre essa onda de lesbicas confundirem bi modinhas com a gene q realemnt leva a relação homoafetiva mais seriamente. É que eu não sei se disse ai em cima, li uns comentarios extremamente preconceituosos de lesbicas dizendo que realemnte existem as menininhas que se beijam pra chocar e chamar a atenção dos pais, cada vez que nã oconseguem algo!! Fiquei indignada, pq elas tambem acusam as que supostamente teriam se decepcionado com o sexo oposto e passaram a ficar com mulehres, sem considerar, levar em conta, que de repente la no fundo, se algo não as agradou em uma relação com o sexo oposto, é pq já sentiam vontade de se relacionar com mulheres, mas elas insistem em achar que elas agem superficialmente, eu sou prova q não é assim!! Quando me apaixonei foi pra valer, tanto q até fiz algo q é bem comum entre lesbicas (nas quais nem eu tinha noção), q é incidentalmente vc se interessar por uma menina de outro estado!! Eu sai de sampa só pra conhece-la, e não me arrependo, e eu jamais faria isso se eu não tivesse realmente envolvida, e meno ainda pra deixar meus pais “estressados” comigo, pra não dizer outra coisa (o palavr]ao amigavel ainda não foi liberado aqui no blog, né?) enfim, as postagens eram respostas revoltas por causa de um emaikl estupido de um rapaz hetero que julgava as lesbicas no site Parada Lessbica, na parte “A ‘opinião’ de um hetero” eu te aconselho a ler, pra q vc tire uma ideia e veja que as vezes nós, as bi acabamos send oconfundidas com essas “menininhss” e isso é revoltante, tão revoltante quanto elas se sentirem atingidas pela opiniá o desse mané desenformado, e possivelmente frustrado pro ter sido supostamente trocado por outra mulher,… enfim, desculpe se ofendi alguem, mas quando algum cara diz ser bi, ai enchem o saco dizendo q ele é na verdade um ay enrustido, quando é uma mulher, ela ta querendo ser legal, tá na moda, se exibir prazamiga e pros caras ou ta traumatizada ou quer ter mais chances e se “dar bem”, cara, isso me irrita!! Ora, se ela é bi, e lhe foi dado o direito de escolha, iso nã oquer dizer q ela esteja brincando com a causa gay, e sim, pq houve um bom motivo pra q ela se drecidisse apenas por um lado!! Mas o medo q elas tem q o rpeconceito as atinja, as faz ignorar q existam bissexuais e tentar fingir q não existem…. pq senão nossa, todos irã oachar q elas tambem “escolheram”ser lesbicas!! Acho q está meio que na hora de parar de precisarmos dar satisfações a pessoas q jamais entenderão, q serão sempre prconeituosas por conveniencia, e não vai adiantar muito elas se fazerme de vitimas por isso. As lesbicas que postam aqui, eu sei q não tem preconceito, senão nem estariam aqui. Eu to falando dessas q acham q os bi estragam a imagem homossexual com essa flexibilidade.Mano, tá na hora de saber separar as coisas e saber q pra cada pessoa a descoberta do sentimento homo vem de maneria difernte, simples assim. To nervosa, desculpem.

      • blogsoubi disse:

        Oi, Dany, bom tema esse mesmo. Já falei algumas coisas a respeito, mas acho MUITO válido dedicar outro post sobre esse assunto. Logo farei e você dá novamente a sua opinião. Obrigada mais uma vez pelas dicas. Abs! Amanda

      • Denise disse:

        Obrigada, Amanda! Bom saber que fiz falta… rsrsrs =)

  6. Dany disse:

    Valeu Amanda!! Sei ki sou chata, mas adoraia q vc aparecesse em meu blog!! Sei q a maioria dos posts são direcionados as lesbicas, mas eu tenho aberto espaço as bi, e eu criei 2 posts sobre o assunto, um se chama “intolerancia com as bissexuais” e o outro, “os desafios de ser bi”, fala bem do q o rapaz ae esta sentindo, sobre querer um relacionamento bigamico, espero q possam baixar por la e aproveitar o melhor do blog, bjs e to aguardando o post ^^!!!

  7. Gatha, quanto mais eu experimento, descubro q gosto eh de HOMEM kkkkkk já tentei c rashas, mas n rolou… :/
    Bom, uma extensão dessa teoria, restringindo-se ao caso homo, seria q o hojem encontraria mais afeto no h passivo
    , e mais apelo sexual no h ativo. Tb eh assim entre as menynas?

    • Denise disse:

      embuscadomarydo: não acho que entre as meninas role isso não… pode rolar algo mais sexual com uma mulher passiva e uma relação mais afetuosa com uma ativa. Não existem regras para isso…

  8. Marcos Teresina disse:

    Eu particularmente já me considerei bi, mas hoje costumo dizer que sou héteroflex, porque gosto msm é de mulher, com homem sinto apenas tesão na hora do sexo. Nem atração física eu sinto, e minhas relações com homens são bem esporádicas. O bi masculino sofre preconceito muito grande, até mesmo de mulheres bi. Vivo essa vida dupla sem que ninguém saiba, e tenho um comportamento dito de hétero.

  9. Felipe disse:

    Pessoal , à dias atrás estava bastante confuso .. . tentando me entender, entender meus desejos, meus anseios, meus medos, minha insegurança… Propus a ideia de ser bígamo e ter um homem e uma mulher ao meu lado. Como eu disse, tenho um grande amor por um homem, mas sempre pensei em ter uma mulher e filhos. Acho que a visita de um primo com os filhos trigêmeos mexeu com meu lado paternal, os questionamentos constantes de familiares falando que preciso arranjar uma namorada também.
    Além disso, não adiantou muito ter aberto o jogo com uma amiga lésbica e com meu psiquiatra ( ele me atende desde criança quando comecei a ter uma vida anti-social por conta do hemangioma). O fato é que eles me trouxeram mais dúvidas do que esclarecimentos. Não aguentei toda essa pressão e cogitei terminar com o cara que eu tanto amo, afinal meu psiquiatra me indagou se me sinto atraído por mulheres, como respondi sim, ele indagou se eu seria mesmo bissexual, homo… e ainda colocou uma pulga atrás da orelha: ” se esse rapaz não lhe ter tudo, se ele não for capaz de satisfazê-lo você vai traí-lo’?
    Nesse turbilhão de sentimentos decidi terminar tudo, só que acabei contando tudo pra ele e ele foi tão compreensível , tão nobre. Ficou desesperado com a possibilidade de eu terminar com ele (coitado). Me disse coisas lindas que eu não imaginava, falou que ia buscar uma solução comigo, se propôs a ter filhos comigo (nem que seja por barriga de aluguel), ainda disse que posso eventualmente sair com prostitutas. Confesso que não me agrada muito essa ideia, sair com mulheres desse tipo, mas enfim, dependendo da garota de programa, se for coisa fina até rola. Creio que ele tenha proposto isso pra que não ocorra nada sentimental com uma mulher, afinal a prostituta é a profissional do sexo, mas também entendo perfeitamente ele, sei que ele não é bissexual como eu, mas dei a ideia dele estar junto e tal. Ele ficou de pensar e isso é uma coisa que a gente vai discutir mais pra frente. Mas só dele ter dado essa abertura e ter exposto que tem vontade de ser pai (desde que seja ao meu lado) já me aliviou tanto, me tirou um fardo das costas.
    Queria compartilhar isso com vocês, talvez seja irrelevante pra muitos, mas é que teve tantas pessoas que carinhosamente responderam minhas indagações que me senti (quase) que na obrigação de compartilhar o desfecho dessa crise, eu e ele estamos ainda mais fortes, unidos, minha certeza de poder construir minha vida ao lado dele só cresce.Obrigado meninas por tudo, valeu, beijos.

    • mari disse:

      que legal felipe !^^

    • Dany disse:

      Meu, se vc AMA ese seu namorado e tem certeza desse seu amor por ele e dele por ti, continue com ele!! Depois vc pode sentir falta! Olha eu não quero te deixar confuso, quero te ajudar a claredar asidéias, pq sei como é dificil pra vc ser bissexual e sei do dilemas de outras garotas tambem q acompanhei!! Tinha uma no orkut q dise odiar com todas as forças ser bi, pq quando etava com alguams namoradas parecia rter “recaidas” por meninos e ela se snetia mal por isso, e quase desistiu de ficar com mulheres por isso, mas diz ela q sentia atração peloss caras, mas não conseguia ter uma ligação mais intima com eles, Acho que alguns não conseguem lidar bem com a propria bissexualidade devido as pressões sociais e de si mesmos (por isso ODEIO quando dizem q tem gente q é bi por moda ou q isso não existe, pq essas pessoas n sabem o quanto um bi sofre não por não saber O QUE é, mas sim por ele SER QUEM É! Mano essas pessoas deveriam pensar 2x antes de dizer essas asneiras que tanto machucam quando não sao absurdas, parece q lhes falta sensibilidade!) , o q os leva a desistir mesmo de um dos lados pra viver só um (procurando brechas e falhas pra deixar de lado, um dos lados kkkk), ou tentam experimentar/ter uma relação bigama a curto prazo. Bom, se ele aceita q tu tenha relação temporária com uam prostituta, com o tempo pode aceitar q vc tenha uma esposa/ namorada via barriga de aluguel, com a desculpa do filho, vc mantem vinculos com essa mulher, mas seria importante q ela saiba desse seu vinculo com esse cara! Eu sei la cara, deixa rolar, quem sabe com o tempo vc consegue o q deseja e tem por um tempo esse tipo de relação, ve como tu te sente e seja feliz! Só isso! Tambem aconselho q vc EVITE ficar desabafando com muita gente alheia a teu problem,a tipo esse seu psicologo! Eles por vezes confundem mais e te culpam mais do q ajuda, por isso desisti de psicologos, poucas me identifiquei. Acho q vc terá de buscar em si mesmo essa ajuda e com o tempo e suas experiencias!! Mas espero q de tudo certo!! De qualquer forma, torço por ti querido!

  10. Leh disse:

    Pessoal, concordo com muita coisa do que li. Vejo que há uma enorme discriminação por parte de todos em relação aos bi: muitos heteros e homos os consideram homos enrustidos!
    Isso já me pesou e me fez acreditar que eu era um. Tentar viver de um lado só foi horrível!
    Depois, vi como eu sempre gostei de me relacionar afetivamente e sexualmente com mulheres, e isso não era falso! O problema é que há um grande preconceito de mulheres, mesmo as bi, com homens bi. Acredito que não nos completamos e que seria importante para todo mundo ter mais de uma relação, ainda que fossem de intensidades e naturezas diferentes. Eu não me incomodaria em ter uma namorada que tivesse uma amiga mais próxima com quem pudesse trocar energia sexual, mesmo sem a minha presença. Assim como gostaria de ter o mesmo. Minha atração homo é bem seletiva, diferente da hetero. Hoje em dia aprendi a me divertir e gostar muito disso. Mas ainda sofro por não encontrar um par no mundo, que compartilhe dessa opinião. Uma pena, que tenhamos tanta cobrança uns com os outros. Espero um dia conseguir encontrar alguém que legitimamente pense assim, ou próximo a isso. A ideia de ter um relacionamento duradouro só me faz sentido com mulheres, pois com homens eu tenho uma atração bastante esporádica, eventual. Enfim, tá feito o desabafo! beijos e abraços!

  11. Carlos Silva disse:

    Pô, sou bi … Tou com uma mulher que gosto muito! Ela descobriu que sou bi pq estva a ver um filme g… Já estamos juntos há alguns anos. Ela aceitou melhor que eu esprava. Mas acho que no meu subconsciente achava que ela também era bi, mas parece não ser o caso! Tenho medo de magoá-la devido a minha condição… Não sei bem o que ela pensa de tudo isso… SInto-me um tanto culpado! Preferia de facto ser uma coisa ou outra! Ou então ter as 2 coisas (o que parece impossível)!

    • Suh disse:

      Nossa Carlos, desculpe minha curiosidade, mas vc é fiel a ela, so tem ela mesmo, ou sai as vezes com algum cara??
      No meu caso tenho muita atração por mulheres, mas como namoro e o amo muito, não o traio, so se eu terminar ai posso ter relação com mulheres. Traição é complicado e ter as duas coisa tbm, e como vc eu tbm queria apenas uma coisa.
      Bjoss

    • Dany disse:

      Meu filho é totalmente compreensivel seu dilema! Tenha certeza que quase todos os bissexuais que não conseguem lidar com o fato de serem bi já passaram ou irão pasar por isso, “po, queria ser lesbica só ou algumas ou alguns so ht, ou ter ambos peolo menos por um tempo” wu no caso prefiro as mulheres, por isso consigo me abster de ficar com homens, mesmo q eu sinta atração, já nem me apego mais kkkk e me alegro por isso, prontofalei!! Mas confesos q ja pensei em ficar com ambos a curto prazo, mas já desisti! Acho q as vezes a unica solução q tu encontra é essa, ficar com ambos, não pq enjoou do outro lado no caso de alguns, mas pra não perde o foco no outro lado, já q se quer aproveitar ambos!! Não acho isso errado na verdade, mas o problema é, como as pessoas q vc rpetende se relacionar vão receber isso? Por exemplo, no caso de uma mulher bissexual, é mil vezes mais facil o namorado dela aceitar q ela queira ter uma namorada, já no caso de outra mulher, sobretudo se ela for lésbica, o bicho pega, pq lesbicas odeiam homens, e ficam com receio de perder a mulher q ela ama para um ser q ela abomina e por vezses parece meio que “disputar” pra ver quem leva a melhor!! No caso de um cara bi creio q seja masi cpmplicado, pq se for um gay, se ele tiver preconceito, n irá aceitar, e a mulher bi ou hetero terá o emsmo receio da mulher lesbica em relação a bissexual… entao os bi acabam vivendo um mundo “a parte” pq os q querem uma coisa só buscam uma identidade mais definitiva, optando por um só lado, já os q n ligam pra rótulos e definição categórica, n se importam em “passear dos dois lados” dai tu ficaria melhor com outras (os) bi tambem!! Mas vc se sente culpado pq? Tu tem vontade de experimentar outro homem, apesar de amá-la, é isso mesmo??

      PS- no meu caso, vou fazer um desabafo: me sinto melhor na condição de lésbica, pq eu posso ouvir um cara e sobre seus sentimentos por mulheres e falar dos meus por elas, sem nenhuma outra pretensão. No meu caso, vejo mais bons amigos do que companheiros, por questões particulares.

      • Leh disse:

        Dany, em relação a essa insegurança que os parceiros “anexos” de um casal bi podem ter, acho que também é relativo. Primeiro porque vc fala da perspectiva da lésbica que odeia homens, mas isso não unânime também, certo? Além disso, conheço casais bi, já até tive experiência com um, que estão juntos nas relações! Eles se relacionam com casais bi, e o sentimento que surge é sempre e só de amizade. Assim, não há possibilidade de a lésbica “co-namorada” de minha namorada querer acabar com meu relacionamento. Não que eu namore, mas é esse o ideal de relacionamento que eu penso. Enfim, sei que há inclusive muitos outros casais que também pensam assim. Não que seja impossível encontrar um par assim, mas que tá difícil, tá…

  12. mariana disse:

    Dany, vc tem um blog?

  13. alan disse:

    eu percebi um certo ponto em comum com alguns caras que comentaram ai em cima que a atração homo é uma coisa bem seletiva que no começo me deixava mto em duvida eu ficava pensando com eu sinto atração por um cara e não sinto por outro que as mulheres acham bonito isso deve deixar muitos caras confusos tbm

  14. Nathália disse:

    Nossa gente, tenho que agradecer a todos vocês. Pq eu venho sofrendo um dilema, eu comigo mesma e meu namorado. Sou bissexual, já tinha me conformado com essa ideia, me apaixonei por uma mulher, apaixonei de verdade, mas eu atraio mais os homens do que as mulheres. Não sei pq. Apesar que quando descobrem que sou bi, elas começam a ter atração por mim. Mas isso não me incomoda. Enfim.. não é isso que quero dizer. O meu dilema maior é que desconfio que meu namorado seja bi tbm. ISSO SIM, ESTA ME CAUSANDO SOFRIMENTO. Sei que estou sendo egoísta e preconceituosa, mas eu não suporto a ideia de ver meu namorado com outro homem. Até pq, o que o homem tem, eu não tenho, logo, não vou conseguir satisfaze-lo. Se para para pensar bem, estou pensando mais nele no que em mim. Eu penso em satisfaze-lo por completo e se caso ele for bi, como vou fazer isso? O problema é que ele não assume, mas seu jeito e seus gostos musicais enfim.. tudo indica que sim. Não sei oq ue fazer. Gostaria tanto que ele me falasse a verdade, de repente resolveria a metade dos problemas.

    Por fim, situação nova: Bissexual tem preconceito com seu namorado que também é Bissexual.

    Vê se isso pode?

    Estou com problema psicológico? Preciso de tratamento?

    • Dany disse:

      Não sei se ajdua essa pergunta, mas vc se aceita como bissexual? No caso se pra vc é mais dificil aceitar a bi do seu namorado do q a sua, pode ser mais uma inssegurança feminina, como eu citei no caso das lésbicas q ficam com medo de ser trocadas.. acho q é algo das mulheres, q talvez inconscientemente tenham medo se se sentir inferiorizadas ou ficar em desvantagem em relação aos homens, não sei se é isso, mas é o q me parece, toda vez q leio algo assim.

      • mariana disse:

        Pois é! O problema é que não gostamos nem de pensar na ideia de sermos trocadas por um homem! Sei lá, da uma impressão de que não fizemos a nossa parte entende! Prefiro ser trocada por outra mulher à um homem! Na verdade por nenhum! kkk

  15. Denise disse:

    Eu namoraria um homem bi, de boa. Se me apaixonasse, poderia até pensar em casamento! O difícil é que quando a gente ama, não gosta de imaginar a outra pessoa se relacionando com outra… mesmo que seja para satisfazer um desejo físico (ou psicológico).

    Atualmente namoro uma mulher e estou muito apaixonada! Na verdade estou amando ela… ownt… ela é muito linda!! rsrs… E não gosto nem de imaginar ela com outra pessoa…

    Por isso, acho mais prudente escolher uma pessoa só e ficar com ela enquanto durar o amor, enquanto o relacionamento fizer sentido.

    Mas Felipe, eu acho que você está apaixonado por esse cara… fica com ele! rsrs…

    ^^

    • Dany disse:

      Oh acho muito fofo um cara apaixonado por outro!! É mesmo Felipe, fica com ele ^^ aproveita ki ele gosta de ti tambem, pq é dificil achar alguem q realmente goste da gente então quando acha tem q manter o quanto puder !!

  16. Logica disse:

    Há aqui factores que são muito importantes e que se devem ter esquecido de comentar.
    Seja qual for a sexualidade da pessoa (homem ou mulher), seja Bisexual, Hetero, ou homosexual… o importante é que quando se parte para uma relação, seja com quem for… que se esteja mesmo apaixonado. Ora se assim for, a pessoa será fiel… se eu for bi e me apaixonar por uma mulher, serei fiel, pois é por essa pessoa que eu nutro sentimentos, se tiver um relacionamento com um homem, igual. E é assim que deve acontecer em qualquer relacionamento.
    Não entendo isso do ser Bi, gay ou hetero e pensar em estar com outra pessoa seja de que sexo for. Se amamos alguém é com essa pessoa que queremos estar e ponto final.
    Qual é a diferença? se for um hetero é mais fiel num relacionamento, do que se for Bi? Porquê?
    Existem pessoas hetero que com muita facilidade se sentem atraídas por outras do sexo oposto, mesmo tendo uma relação com alguém.
    Andamos aqui a falar de sexualidade… e esquecemos o que são sentimentos e amor?

  17. Armando Vitani disse:

    Olha, sou homem tenho 27 anos, me descobri bissexual ja faz algum tempo, tenho um tesão louco por mulheres, já namorei várias, inclusive uma por 4 anos, mas tenho desejos sexuais ardentes com outros homens, peguei alguns, inclusive algumas transexuais me trouxeram muito prazer, comigo não rola dilema, não sou assumido, e convivo bem com as fases, hora mulher, hora homem, não curto me relacionar afetivamente com outros homens, apenas mulheres. Mas percebi que sou louco da mesma forma por ambos*

    *Conteúdo editado por BlogSouBi por conter palavras que não condizem com a política do blog

  18. Matheus disse:

    Bom, tenho 16 anos e não tenho certeza do que sou realmente. Pra começar, quando eu era menor eu tive minhas primeiras experiências sexuais com 2 meninos que moravam nos fundos da minha casa. Nós tínhamos relações sexuais frequentemente pois morávamos quase na mesma casa e quando nossas mães saiam nós “brincávamos” juntos.Nessa época meus pais estavam se separando e eu via minha família se desmoronar. Eu me sentia carente e aquele afeto que eu tinha com eles me ajudava a superar um pouco aquilo.
    Quando eu ia pra escola eu ficava me perguntando se eu era igual aos outros meninos, se todos eles faziam o que eu fazia e aquilo meio que me afastava deles (isso acontece até hoje em dia). Eu nunca gostei de futebol, nem de pipa e ver que todos os outros meninos gostavam, menos eu, só fazia minha situação piorar. Meu pai era jogador de futebol até, mas ele nunca me incentivou a jogar (talvez porque minha casa ficava em frente a uma avenida e eu acho que ele ficava preocupado de me ver correndo pela rua como os outros garotos faziam) e tbm nunca quis.
    Durante a separação dos meus pais eu via minha mãe sofrer por causa do meu pai e aquilo me fez perder um pouco da admiração que eu tinha por ele. E quando meu pai se mudou foi pior pq, minha mãe saía a noite e eu ficava em casa sozinho com meu irmão e isso me fez amadurecer e encarar o fato de que eu era o homem da casa a partir daquele momento. O problema é que eu não me sentia um homem de verdade, ainda mais com o exemplo que eu tive do meu pai que traiu minha mãe com 2 filhos.
    Minha relação sexual com os 2 garotos só foi aumentando, e apesar de me sentir culpado por fazer aquilo eu me sentia aliviado. Eu tinha desejo por meninas tbm, tinha minhas paixões, mas aquele desejo que eu tinha com os 2 era incontrolável. Daí eu comecei a ver fotos de homens nus na internet e me satisfazer sozinho com aquilo, apesar de sentir desejo por mulheres tbm.
    Fui crescendo com isso e minha cabeça ficando confusa. Eu me sentia feio e muito diferente dos outros garotos da minha idade. Eu tinho (e tenho) receio de ficar perto de outros garotos pq pensava que eles podiam perceber que eu não era igual a eles então nunca tive muitos amigos meninos.
    Um belo dia, os meninos que moravam nos fundos da minha casa me contaram que iam se mudar, e pra mim aquela foi uma notícia excelente, pq finalmente eu não teria mais eles ali provocando o meu desejo. Parei de olhar fotos de homens na internet e finalmente achei que poderia ser um menino de verdade sabe? Um macho, como vivem dizendo.
    Mas não adiantou, continuo tendo desejo por homens e por mulheres. Já beijei garotas e gostei muito, mas nunca fiz sexo com uma e isso é um tabu pra mim. As vezes eu penso que quando eu fizer sexo com uma menina eu vou ver que sou homem e parar com isso, mas não sei se isso daria certo até porque tenho medo de chegar nas meninas. A ideia de prostitutas vem na minha cabeça tbm, mas tenho receio de não ser a mesma coisa do que uma transa com uma menina que eu esteja afim. Fiz alguns amigos homens e o fato de fazer “coisas de homem” me faz sentir bem, aliviado. Poxa eu não sou tão diferente deles sabe? Eu tbm consigo apreciar uma mulher bonita quando ela passa na rua. Agora, eu tenho um dilema pois sinto muito desejo por homens e tbm sinto muito por mulheres. É meio como se fossem estações temporais, uma hora quero homem, outra mulher.
    Enfim, queria a opinião de vocês, porque eu estou muuuuuuuuuito confuso mesmo. O que eu devo fazer?

    • Camila disse:

      Então Matheus, orientação sexual é diferente de gênero, você não é “menos” homem pelo simples fato de se relacionar com outro homem, isso é uma visão errada e machista que as pessoas têm da homo e bissexualidade, se você se identifica como homem, você assim o é. Infelizmente vivemos numa sociedade extremamente preconceituosa com tudo aquilo que considera “diferente”, então é preciso muita coragem para ser diferente. Mas pelo menos eu não acho certo reprimirmos nossos desejos e sentimentos por que não nos encaixamos naquilo que os outros esperam de nós, e o mundo espera que você seja “machão”, mas é isso mesmo que você quer? O primeiro passo é se encontrar, e você começou bem vindo aqui , quanto mais informação e contato com pessoas que entendam o que você está passando mais fácil fica de entender o que se passa contigo.

    • Dany disse:

      Vc quer uma opinião pessoal de uma de nós, né? Pois bem, ela chegou!! Mas antes de mais nada sou sincera, espero que vc não se ofenda com isso.

      Em primeiro lugar, pelo q vc descreveu sobre seus desejos, vc parece ser um autêntico bissexual, em crise com esta identidade. Eu jjá reparei o seguinte: bis que tem medo de demonstrar que sente desejo pro alguém do mesmo sexo devido ao preconceito alheio ou ao proprio, tentam esconder a todo custo e querem ser heteros, esse “ser homem” q vc tanto fala, e achar que vc rpecisa gostar apenas de mulher e pronto, tu acha q TEM QUE ser igual so seus amigos, mas NÃO TEM!! No pasado eu achava que tinha qu e ter namorado pq as meninas tinham, pra ser igual elas, pq achava q tinha essa obrigação, porém, apesar de ter atração por alguns caras, eu não me sentia totalemtne confortável com algumas situações, o q me levou a querer experimentar as mulheres, porém eu já tinha idicios que iria gostar, já sentia tesão fisicio por elas desde os 11, 12 anos, mas nem me dava conta, aos poucos fui começando a criar estorias imaginando primeiro meninas se relacionando, mas eu ainda permanecia de fora só observando, até q percebi que goatava do q escrevia e a curiosidade foi aumentando. Eu perguntava pras meninas q já tinham beijado como era, se era diferente de homens, as repostas positivas aumentaram a curiosidade. Beijei aos 22 anos, mas apesar de não ser alguem q eu desejasse, foi um sensação boa e diferente. A curiosidade virou desejo e paixão por outros tipos de menina e resolvi permanecer me relacionando com mulheres, ao longo de 9 anos! Namorei, fiz amor, desejei, beijei, gostei, senti excitação… sofri… mas continuo querendo beijar e me relacionar com mulheres!! A outra possibilidade que eu ia dizer é, que quando uma garota por algum ou alguns motivos não se sente bem com homens migra pras mulheres, ou seja, um bi nunca quer se satisfazer com ambos, precisa de uma definição, por causa de si mesmo e o preconceito alheio só piora! É complicado, e vc precisa ter um bom psicológico para administrar tantos sentimentos juntos! As vzs sinto atração fisica por alguns caras, mas não é como antes, o interesse, as expectativas não são mais as mesmas e me sinto melhor assim. Mas e vc? Ainda sente vontade de se relacionar amorosamente com homens ou é algo só sexual? Gostaria de viver uam experência mútua com ambos? E a respeito das prostitutas, com certeza é bem diferente de fazer amor com uma guria por quem vc tenha sentimentos. Garotas de programa estão lá mais pra satisfazer um desejo sexuial seu, é algo totalmente fisico, não pra suprir suas frustrações amorosas. Eu mesma já tive, e confesso que ainda tenho vontade de transar com uma, mas há uma série de preocupações q eu precisarei ter que com uma garota comum já é complicado, mas vc tem muito mais tempo pra conhecer, e é só por isso q eu ainda não fiz nada! É muito mais uma eust~so de necessidade fisica e falta de oportunidade de conhecer uma garota legal pra fazer amor comigo, o entendimento, a conversa são outros, vc tme mais liberdade pra se abrir com a pessoa, desde q seja correspondida e haja sintonia. Mas enfim, o meu conselho é, não se preocupe em seguir padrões da sociedade, não se prenda a regras, eu não caio mais nessa! Eu definitivamente não nasci pra ser submissa, não gosto da forma como as pessoas acham q nós temos q agir com homens, acho meio que desequilibrado, mas enfim. Se vc quer ficar com os dois, fica. Se quer fazer sexo com homens, faça, só escolha bem seu parceiro. Se sentir vontade de beijar uma mulher, beije, mas diga quem vc é e o q te atrai e procure alguem q te respeite e aceite como vc é! Siga seu coração, faça o q te faz sentir bem, mas só não iluda ninguém, nem fira sentimentos e evite partir corações, seja sempre sincero sobre suas intenções com alguém, ISSO SIM é ser um “homem de veerdade”, não pegar todas, transar com a mulher e sair andando, assim como “ser mulher” não é ser a esposa que faz rudo q o marido quer e epsera o homem abordá-la e satisfazê-lo sexualmente, sem pensar no q realmente a agrada. Bem, escrevi demais, acho q até mais ki vc, mas espero ter ajudado. Qualquer duvida aparece aí.

      • Matheus disse:

        Cara, é extremamente aliviante poder ouvir uma opinião de quem entende do assunto, sério mesmo, parece que vai desembolando o nó que está na minha cabeça.
        Quanto as suas perguntas Danny, o meu desejo por homens nunca foi emocional mas sempre uma coisa carnal. Já com as mulheres é ao contrário, apesar de sentir desejo pelo corpo, sinto mais atração pelo jeito de falar, pela sensualidade que só a mulher tem, tanto que todas as minhas paixões foram por mulheres.
        O fato de ter família e filhos é algo que eu quero tbm, mas gostaria de vivênciar uma experiência com ambos os sexos e só depois de ter uma determinada experiência decidir com qual ficar, pq o fato de ter alguém as escondidas não é uma coisa que me agrada.

        Muito obrigado pelos conselhos, são de muita ajuda!

  19. Jacque disse:

    Olá…achei muito interessante os comentários que li no blog, bom vou contar um pouco da minha história… Conheci um cara que a princípio o julguei como homossexual, então nem me despertou interesse, mas enfim viramos amigos ele dava muito em cima de mim e tal, a gente foi se conhecendo e nessa história ele nunca havia me dito ser que era homossexual ou bi. Acabei me apaixonando por ele , e quado me declarei pra ele, fui correspondida, foi um paixão louca que aconteceu com a gente, até então nunca suspeitei do seu desejo sexual e emocional por mim. Até que um dia depois de uma viagem , ele me disse que era bissexual. Não vou mentir, eu suspeitava mas mesmo assim fiquei muito mal quando soube, ainda mais porque soube que o melhor amigo dele era seu ex-namorado…a gente terminou por um dia, depois quando vi que o amava mesmo e que era correspondida resolvi tentar continuar a relação, eu gosto muito dele estamos ate hj juntos,, ja vi ex namorado e ele me contou várias experiências que ele teve com homens. Ele se intitula como bi , hj sinto menos estranheza em relação a isso (parece meio bobo ficar engessando as pessoas pela sexualidade natural delas). Porém o que é difícil lidar nessa situação é, será que eu consigo satisfazê-lo mesmo? Não gosto da idéia de ser vista como um reprodutora e só.Já que ele gosta dos dois e provavelmente tem prazeres diferentes com cada um. Será que vai existir fidelidade da parte dele? Admito que as vezes bate mt insegurança da minha parte, isso me deixa confusa, fico tentada a querer ter relação séria somente com héteros. Mas entro em contradição porque também penso as vezes que essa cultura de monogamia e de que a sexualidade tem que ser assim ou assado é impossível na prática, porém por eu mesma ainda estar impregnada com essa ideia não consigo aceitar muito bem, será que realmente é possível uma relação séria a três? E pode ser uma relação tanto duas mulheres e um homem, dois homens e uma mulher, ou mesmo uma relação aberta…será que realmente da certo? Até que ponto isso vira algo superficial?
    Ps: não me considero bissexual, embora ja tive experiências com mulheres( sem relação sexual), na verdade considero mais uma auto descoberta de prazer, foi bom e tal, mais levei simplesmente como uma experiência sem maiores significados.
    ^^

    • blogsoubi disse:

      Jacque, tudo bem? Se um homem for te trair, ele o fará sendo hetero ou bissexual. Ms se ele realmente quer apenas a sua companhia, não importa realmente o seu passado. É normal ficar insegura, por isso acho que você precisa conversar com ele a respeito disso e ouvir o que ele tem a te dizer. Eu não sei se eu gostaria de uma relação a três, mas tem gente que consegue lidar muito bem com isso. No seu caso talvez não seja a melhor opção, considerando que você já está insegura numa relação a dois…espero que dê tudo certo! Abs!!

  20. Coelha disse:

    Assisti um documentario de uma pesquisa feita na gringa,resumidamente:puseram sensores no penis de homens bi enqnto passavam todo tipo de filme erótico,em todos os homens sem excessão não tiveram ereção nos filmes que apareciam mulheres,seja no sexo hetero ou homo entre mulheres,tirem suas conclusões…

  21. Dany disse:

    Algum rapaz bissexual de sampa capital pra trocar idéia? Eu na verdade nem tenho muita amizade com homens, pq falta paciencia com homens heteroskkkk, mas pra bissexuais até q abro exceção, e com heteros, vai depender do jeito do cara. Geralmente costumo falar sobre garotas que me apaixonei, pois me sinto mais a vontade conversando sobre esses temas com homens, então , se algum quiser papear, manda um email: danyshade.mb@ig.com.br e m eninas bissexuais, namorando (mulher ou homem) ou não, tambem to procurando pra amizade ou algo mais, mas tá dificil. Mas se houver alguma, pode me mandar email q terei prazer em responder a ambos!!!!

  22. Caique disse:

    Ser bissexual mt,cmplicado ainda mais,quando se e jovem cmo(19 ans) me dscobri bi faz pouco tempo! Sou feito d dois lados,um dseja homens bem mais velho que me enloqueca na kama d outro curto mt meninas sou apaixonado por uma!axo que namorar cm homen jamais,mais se for sexo td bem!mais algo serio msmo so cm meninas.

  23. Luciano disse:

    Muitas pessoas vão vir me julgar pela minha idade, mas enfim..
    Eu tenho 13 anos, faço 14 em maio, e desde junho do ano passado me aceitei bissexual, afinal desde meus 11 anos sinto atração por homens. Tive minha primeira experiência com outro menino, o qual tive um relacionamento sério de 4 meses, pois ele não é assumido. Ultimamente uma “amiga” minha tem me pressionado bastante pra que eu me assuma pros meus pais, e essa semana ela me avisou que eu tinha até sexta ou eles ficariam sabendo por outra pessoa, a qual ela não me disse. Hoje mesmo fiquei bem próximo da minha mãe, mas as palavras ficavam presas na garganta. Gostaria de pedir ajuda a vocês, pois não tenho mais a quem recorrer. Eu só tenho uma amiga que sei que posso confiar, e outras duas que nem moram aqui. Eu tenho bastante medo do que possa acontecer, ainda não criei coragem o suficiente em mim.
    Agradeço a quem puder me dar uns conselhos
    Beijos do Lu :*

    PS: Amei o blog mesmo, vou vir aqui sempre que puder
    PS²: Talvez venham dizer que é só uma fase, que eu sou gay e tudo mais. Mas sério gente, eu curto os dois. Fico tanto com meninos quanto com meninas, assim como namoro.

  24. Raahhh! disse:

    Luciano, acho que vc só deve se assumir quando tiver preparado para isso… Isso não é uma coisa a ser feita a base de pressão.
    Não estou querendo te julgar pela idade, longe disso, mas de acordo com a minha experiência penso que maturidade é essencial para o próprio entendimento. Pense bem se é isso mesmo que vc quer fazer, e se fizer faça por vc e não pelos outros!
    Abraços e boa sorte! 😉

  25. Rui disse:

    Na verdade, mulheres acham que os homens TEM que aceitar a bissexualidade delas, porem as mulheres sejam elas hetero, lesbicas e bissexuais nao aceitam de jeito nenhum a bissexualidade masculinha.Eu fico pasmo em ver como mulheres bissexuais sao preconceituosas com relaçao a homem com homem! O nome disso é machismo!!! E muitos homens bi se dizem hetero apenas para agrada-las em seu antipatico preconceito.Ainda bem que sou gay, assumido e muito bem resolvido!

  26. Parece-me bom para aqueles que não estão interessados em assumir relacionamentos e não se importam com sexo casual.

  27. flavio disse:

    Acho que meu comentário só vai servir pra reforçar alguns conceitos da bissexualidade masculina aqui, mas achei interessante a ideia de escrever porque vai servir para resumir o que mais ou menos já venho pensando sobre mim há alguns anos.
    A bissexualidade masculina existe sim, é fato concreto. Mas, pela minha experiência com outros caras semelhantes a mim, ela se manifesta diferente da bissexualidade feminina na maioria das vezes. O principal ponto é que nós, homens bissexuais, geralmente temos interesse em outro homem apenas sexual, não afetivo.
    Eu, por exemplo: consumo muita pornografia, mas jamais fico admirando imagens de homens nus e tão somente nus. Não me dá qualquer tesão. Só vejo cenas de sexo entre homens, nunca ensaios típicos das revistas gays. Simplesmente não gosto. Já uma playboy, leio vorazmente. Sinto-me excitado com as formas femininas por si só.
    Quando me encontro com um homem, não quero saber de afeição, emotividade ou sentimento. Nessas ocasiões, o interesse é puramente de me divertir, sentir prazer no ato sexual. Mas jamais terminei uma transa e dormi ao lado do sujeito. Não me agrada a ideia. Simplesmente não me dá vontade.
    Esta parte reservo para as mulheres. Além de sentir tesão por elas, envolvo-me emocionalmente muito fácil. Com uma namorada, faço amor e faço sexo. Com um homem, apenas sexo.
    O que me leva a esconder essa vida dupla é justamente o tabu. E esse tabu é fortalecido pelo posicionamento das próprias mulheres: caso soubessem que me relaciono com ambos os sexos, jamais poderia me relacionar com elas novamente. Portanto, para continuar tendo a oportunidade de me relacionar com elas, sou obrigado a esconder o outro lado – o que já me levou a ser desleal em diversas situações durante namoros com mulheres.

    • blogsoubi disse:

      Flavio, muito interessante suas colocações! Mas minha dúvida é que já ouvi e li relatos de homens bissexuais que se envolvem também emocionalmente. Contudo, o seu caso é bem comum ao mesmo tempo. Você nunca conheceu um homem bissexual que se apaixonou por você? Homens bissexuais, deem também os seus relatos, por favor.

      • flavio disse:

        Ah sim, com certeza existem muitos homens bissexuais que conseguem se relacionar de ambas as formas com ambos os sexos, seguramente. Meu relato é sobre meu perfil, mas já conheci caras que possuem essa característica. Já pensei a respeito quanto à possibilidade de vir a desenvolver a mesma coisa, mas até hoje não aconteceu e, intimamente, depois de tanto tempo tendo já esclarecido para mim mesmo a verdade sobre minha sexualidade, sigo considerando muito improvável um relacionamento meu com outro homem. Não descarto nada na vida, mas acho que já conheço meus gostos e, de certa forma, na vida também acabei ficando mais com caras que pensam do meu jeito.

      • blogsoubi disse:

        Legal, Flavio. Digo que comigo também já foi assim. Eu achava que nunca poderia me apaixonar por uma mulher e hoje estou casada com uma, rs. A vida nos surpreende. Mas pode ser que com você nunca aconteça mesmo. 🙂

    • blogsoubi disse:

      Há também mulheres bissexuais que só consguem se envolver com mulheres e fazer sexo com homens. Outras que só se interessam sexualmente por mulheres e só se relacionam com homens. E há aquelas, como eu, que conseguem se relacionar das duas formas com ambos os gêneros.

  28. Amaryllis disse:

    Olá Flavio! Gostei do seu depoimento e me identifiquei! Sou mulher (bi), mas em geral me apaixono por homens! Gostaria de trocar uma ideia contigo, gosto de me relacionar com pessoas bi, porque acho que bi entende bi… sem dramas ou preconceitos. E digo “me relacionar” no nível da amizade também, claro. Vc tem algum e-mail que eu possa escrever? Beijinhos! :*

  29. Alex. disse:

    Olha, que legal, um post só a respeito da bissexualidade masculina. Ele é antigo, talvez por isso nunca o tenha visto. O comentário da Amaryllis me trouxe até aqui, pelo aviso de mensagens, sabe deus por que, hehe. Então eu vou seguir o papo dos comentários mais recentes para dizer que minha sexualidade se assemelha à do Flávio. Me envolvo sexualmente com ambos os sexos, mas, afetivamente, somente com mulheres. Não tenho realmente interesse em ter uma vida conjugal com um homem, embora aceite que isso pode ser possível. Já com mulheres, esse é um objetivo de vida meu. Além disso, minha atração por homens é bastante seletiva: somente me atraio por homens mais velhos, seguindo biotipos específicos. Nessa ideia de que estava a me reprimir, já busquei sexo com um amigo, da minha idade, ,mas não foi legal. Continuamos amigos, mas nada rolou de muito interessante. Enfim, talvez eu esteja já chovendo no molhado, mas, como disse o Flavio, só de nos expressarmos aqui já é um ganho!

    Bom, eu fico contente de ver aqui algumas meninas mais abertas à bissexualidade masculina, mas ainda acho isso bem raro. É aquilo que disse em outro post: vejo algumas meninas pessoalmente que dizem aceitar a situação, inclusive meninas bissexuais. Aceitar, contudo, não é o que busco, pois nesses casos a chance de virar um fardo futuro é grande! Tem que haver afinidade com esse traço, concordam? É isso… Já de imediato eu agradeço ao blog por ser este espaço em que pessoas bi se encontram 😀

    Bjs e abs,
    Alex.

    • Amaryllis disse:

      Oi Alex! 🙂 Gostei do seu depoimento, mas não entendi a parte em que você diz que não basta “aceitar”. Poxa, aceitar é o grande primeiro passo! Seja aceitar o outro como ele é e/ou a si mesmo. Ao meu ver, aceitar não é tão fácil, exige um desprendimento que poucos têm. Mas é a vida! 😉 Mudando um pouco de assunto… estou aberta a novas amizades! Então, quem quiser bater um papo, trocar ideias e experiências, meu e-mail é amarylliscamargo@hotmail.com . Inclusive você, Alex, está “convidado” rsrs! Beijinhos :-*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s