Será que nasci bissexual?

Publicado: 5 de junho de 2012 em Bissexualidade feminina, Bissexualidade masculina
Tags:, , , , , , , , , ,

The L World, uma da séries lésbicas mais famosas da TV, e uma inspiração para muitas mulheres que não conseguem se assumir

Quando eu era pequena, muitas pessoas achavam que eu era lésbica. Eu preferia as brincadeiras dos meninos e não era, digamos, aquela menininha que adorava usar vestidinhos. Nessa época fui alvo de crianças malvadas, que me infernizaram até os meus dez anos. Depois disso tudo parou. Principalmente porque comecei a investir mais no meu lado feminino. Troquei as roupas largas pelas justas, comecei a me interessar pelos meninos, a arrumar o cabelo, enfim, me tornei mais vaidosa.

Foi então que um mundo completamente novo surgiu. Os meninos começaram a olhar pra mim. Namoradinhos surgiram e aquele tempo se apagou. Só uma coisa restou: o que antes parecia descabido (beijar mulheres), começou a fazer algum sentido.

Na minha infância não me lembro de ter qualquer interesse por mulheres. Ou pelo menos eu não conseguia entender. Lembro de achar uma menina muito bonita e não parar de observá-lá. Mas não me lembro de ter me apaixonado por ela. Na verdade, era difícil me apaixonar. Não conseguia manter um namoro por muito tempo, logo eu já começava a achar mil feitos no garoto.

Mas enquanto esses namoros curtos aconteciam, as meninas começaram a rondar a minha imaginação. No início, de uma forma muito tímida. Imaginava como seria a sensação de beijar uma mulher, de sentir um perfume feminino, o toque macio. Era ótimo povoar meus pensamentos com essas situações. Quando eu sonhava com isso, parecia tudo muito real. Ficava realmente triste ao acordar.

Foi então que comecei a namorar sério um garoto. Era tudo muito bom. As pessoas nos viam como “casal modelo”. Não brigávamos, nos entendíamos muito bem em vários sentidos, enfim, nada a reclamar. Foram quase oito anos de relacionamento.

Mas eu sabia que existia uma vontade escondida dentro de mim. Só que esse desejo não precisava ser externado…estava tudo bem com meu namorado, por que eu iria querer estragar tudo isso?

Então, quando eu menos esperava, tudo aconteceu. Foi em uma viagem com amigos da faculdade. Como já contei por aqui, uma amiga minha me beijou. Contei ao meu namorado (que não considerou traição) e tudo ficou “bem”. Nos envolvemos mais algumas vezes e decidi parar. Não achei que aquilo era certo (porque eu namorava e ela também). Paramos com tudo isso. Só que a vontade não passou. Então comecei a assistir seriados lésbicos (The L World) e a ir a baladas GLS com uma amiga lésbica “só por curiosidade” (a velha desculpa).

Não fazia absolutamente nada nesses bares e baladas gays. Só ficava observando aquele mundo. E eu me sentia muito bem… me sentia em casa. Existia algo muito forte dentro de mim que queria estar ali mais do que tudo. Mas eu chegava em casa e tudo voltava ao normal.

O resto, alguns de vocês já sabem. Terminei o namoro (não por esses motivos), e resolvi investir nesse novo mundo. Me libertei. Hoje namoro uma mulher e sou muito feliz.

Mas todos os dias me pergunto: isso sempre esteve dentro de mim ou foi algo que surgiu aos poucos? O ambiente e as experiências influenciaram? Se eu parar para analisar friamente, nada disso influenciou. Porque era algo que sempre esteve dentro de mim de alguma forma – talvez eu tenha nascido mesmo bissexual. O ambiente e as experiências só me ajudaram a conseguir viver isso. Sei que se eu não tivesse começado, essa vontade ainda existiria.

Talvez, se você namora um homem e veio parar por aqui, você se sinta assim também. É confuso no começo, mas depois a gente passa a entender melhor. Tenho certeza de que você pode estar muito feliz com ele (e se estiver, tente continuar), mas se um dia decidir viver isso, termine, experimente e se conheça melhor.

Nenhuma terapia é melhor do que isso para chegar a esse autoconhecimento. Aliás, eu não sou contra terapia, sou totalmente a favor. Quem sabe esse profissional também não te ajude a se libertar? Tudo é válido, desde que não prejudique ninguém.

Anúncios
comentários
  1. Vivian disse:

    Eu quando era pequena adorava tanto brincar com barbies como jogar futebol com um amigo de infância que tinha na altura, sempre gostei das duas coisas.
    A primeira experiência que tive na altura, que me fez despertar para o desejo por mulheres, ( apesar de so o ter admitido , para mim mesma, muito recentemente ha cerca de 2 anos) foi quando deveria ter cerca de 9 anos. Houve exploração do corpo, digamos, com ela. Foram algumas vezes. Lembro-me que me senti muito bem na altura mas depois resolvemos parar e esquecer e nunca mais aconteceu nada com mulher nenhuma. Na epoca pensei que tinha sido algo de crianças e ignorei.
    Os meus relacionamentos com namorados confesso nunca duraram muitoo tempo e fui sempre eu a terminar.

    • blogsoubi disse:

      Olha, se ela ama o seriado The L World já digo que é um forte indício (risos). Mas ela também pode ter achado apenas interessante. Quando comecei a ver, eu namorava um homem. Fiquei morrendo de vontade de experimentar um beijo lésbico.
      O bom de tudo isso é que sua amiga tem amigos gays, o que significa que ela tem a cabeça aberta. Vale esperar um pouco mais para ver como ela reage às suas tímidas investidas (você tem tentado algo?)
      Abraços!

  2. sarinha disse:

    Olá!Bom eu já disse aqui,eu comecei a gostar de mulheres com uma curiosidade e isso foi na fase na adulta e acabei descobrindo isso.Poucas pessoas sabem do meu lado bi.No momento estou sozinha a procura de um amor que aceita-me como sou.O que é dificil rs!O importante,é se sentir feliz sabendo que vc é bi,poderá se relacionar com homens ou mulheres e as suas diferenças na relação…Beijusss…

  3. Joana disse:

    Concordo Sarinha. Temos de pensar positivo: ao menos sendo bi a gente tem mais possibilidades de escolha ne? kkkk
    O que importa é ser feliz, seja com um homem ou uma mulher. Eu sou muito fiel e acho que sou uma romântica incurável, acho muito importante que acima de tudo haja respeito.
    Não sou capaz de namorar ninguém por namorar, só porque sim, só para não estar sozinha. Ou gosto ou não gosto. E quando não gosto prefiro estar solteira. As pessoas que estão comigo ao menos sabem que sou sincera, só estou quando gosto mesmo.
    Acho mais importante estar realmente bem, sentir-me bem do que aparentar estar bem. Se quisesse ja estaria casada, com filhos. Mas não seria feliz porque não gostava da pessoa, então optei por mim, pelo que me faz vibrar 🙂
    Nunca é tarde para ser feliz, pensem nisso.

  4. Sinner disse:

    É sempre aquela história.
    Quem nasceu primeiro, o ovo ou a galinha ?
    Eu acho que é uma combinação das duas coisas. Uma pré-disposição nata para a bissexualidade, somado às experiências e ensinamentos que vamos tendo ao longo da vida.
    Eu me lembro que desde muito cedo, por volta dos 8 anos eu já não diferenciava o tesão por meninos ou por meninas, porém sempre tendendo mais para as meninas !
    A conclusão que cheguei é que……………………. hoje não sei quem sou !!! kkkkkk
    Abraço

  5. Jaqueline N. disse:

    Oioi.. Eu tenho meio q duvidas de eu ser bi ou lésbica , isso me machuca as vzes por dentro. Como vs ‘blogsoubi'(ja q nao sei seu nome. rs) , qndo menor tinha apelidinhos maldosos por me comportar literalmente cm um meninho . Cresci me interessei por homens e aquela fase p/ mim havia sumido .. Foi qndo no colégio td voltou cmecei a me interesar por amgs minhas(q eram tdas bi , pelo q relatavam) , porem eu dizia somente ter vontade e nao coragem. Elas falavam q eu tinha q experimentar ,(tdas diziam qrer fkar cmg) .. Mas nunca quiz fikar cm nenhuma por medo. Enfim .. Tive meu primeiro bjo lésbico em um colégio novo , uma girl me convenceu finalmente! (eu qria tbm) , fikei encantada cm o beijo afinal tinha sido melhor do q eu esperava, dpois disso me vi sendo cmentada pelo colégio tdo (tdos ja sabiam do ocorrido) para meu azar a girl na qual bjei contou . Assim nao pude esconder dos amgs , dcidi me aceitar . Tdos os amgs ja sabm, menos a família afinal ainda nao encontrei coragem p/ flar. Ja faz 2 anos q td aconteceu e hj estou cm 16 . Dentro desse tempo mtas histórias aconteceram cmg .. E é por essas histórias q dói nao saber se sou bi ou lésbica ='( . Os acontecimentos são grandes .. Por esse motivo nao vor contar rs’ bom .. Dsabafei! OBG PELO ESPAÇO! Foi d grande ajuda blogsoubi.

    • blogsoubi disse:

      Oi, Jaqueline, tudo bem? Acredito que com o tempo você comseguirá lidar melhor com isso. Você já foi bem madura de ter conseguido fazer o que realmente tinha vontade. Existem mulheres que passam a vida inteira tendo essa vontade e não conseguem realizá-lá por medo. Eu, por exemplo, só tive coragem aos 25. Você foi muito corajosa, parabéns. Tenho certeza que você será um grande exemplo.
      Conte mais por aqui, se quiser.
      Abs!

  6. Lili disse:

    acredito que nascemos assim, mas na infancia tudo é muito inocente, eu nao entendia que eu sentia um desejo mais profundo por meninas… apenas mais tarde na adolescencia é que as coisas faziam sentido… ter uma experiencia sexual (mesmo que apenas um beijo) é fundamental para compreender e aceitar a bissexualidade.

    o que muitas vezes me perturba é que as pessoas não enxergam esse meu lado bissexual pois sou muito feminina. eu tento “sair do armário”, mas ninguém parece acreditar em mim. isso é algo que não me favorece quando tento ir nos bares gays, sempre me encaram como uma hetero. algumas vezes, tenho vontade de ter uma aparencia mais “butch” só para ter mais sucesso com as meninas, haha.

    • blogsoubi disse:

      Lili, continue feminina e sendo do jeito que você é. Nunca mude seu jeito para agradar ninguém.

      E o que você falou é verdade. Só quando beijamos uma mulher conseguimos compreender certas coisas.

      Abss!!

  7. Ola pessoal!
    Eis a questao Bi ou lésbica?
    Tenho 20 anos…sou apaixonada por uma Garota a 4 anos + ou menos (alias foi assim q me descobri rsrs…)
    Entao tenho dúvidas pois me sinto muito atraída por meninas tipo: frio na barriga, aquela emoçao, Tesao coisas do tipo, ja bjei algumas garotas e AMEIII mas as vezes tenho vontade de bjar garotos até acho alguns bonitinhos mas nao tem aquela emoçao aquele Tesao E quando beijo nao tem a minima graÇa!
    Ai fica esta dúvida cruel…
    Será q tenho vontade d bjar os garotos só pq ainda nao consigo me aceitar ou pq gosto de meninos também msm q seja só um pouquinho???
    Bjuxxx :- )

  8. Erica disse:

    Engraçado como as histórias se repetem. Comigo, a mesma coisa. Me lembro que sempre gostei das brincadeiras de menino e até hoje não tenho muita paciência com a futilidade de algumas mulheres. Na adolescência vaguei atrás de um verdadeiro amor mas só o encontrei já adulta, na forma de um homem. Há pouco tempo tomei consciência de que gosto também de mulheres e acho que devia ter experimentado isso mais cedo, antes de casar. Teria esclarecido essa dúvida e realizado esse desejo. Eu gosto muito de estar com um homem. Mas não posso dizer o mesmo das mulheres pois nunca estive com uma. Às vezes tenho vontade de agarrar alguma e beijar. As vezes esqueço disso como se nunca tivesse passado pela minha cabeça. O fato é que de tempos em tempos me pego muito apaixonada por alguém do sexo feminino. Meninas, vivam essa experiência antes de sua vida ficar séria demais. Depois disso, vocês sempre irão pensar duas vezes antes de cometerem alguma loucura.

  9. Van disse:

    Mais uma vez, parece que estou lendo sobre minha história hahaha..impressionante! Não só nos posts, mas nos comentários tbm!

  10. Giulia disse:

    Jaqueline N

    Tenho 14 anos faço 15 em Agosto, e eu sempre gostei de brincadeiras de meninos e bom descobri que sou Bi ano passado, e relaxa você vai encontrar a pessoa certa, eu por exemplo to apaixonada agora por uma amiga, mas acho que ela só me vê na amizade.. Torço pra dar tudo certo pra você e pra mim… 😀
    Abraços..

  11. Francisly disse:

    Me indentifiquei bastante com esse post , eu quando era criança amava brincadeiras de meninos como ,carrinho, hominhos de brinquedos ,bolinha de gude ,pipa ,futebol tdo , eu tbém brincava de bonecas ,sim gostava de brincar de brincadeiras de meninas mais confesso que eu preferia a de meninos; eu me lembro que eu tinha varias primas e elas sempre estavam brincando de bonecas e eu sempre querendo brincar de futebol elas gostavam mais não tanto quanto eu então eu tinha um melhor amigo na epoca e aí sempre eu estava brincando com ele dessas brincadeiras de menino rs todos falavam que eramos apaixonadinhos o pai dele e minha mãe achava bonito e fizeram até a gnt dar um selinho mais na inocencia de criança eu até achava bonitinho e tinha aquilo de : ”ah eu gosto dele ”mais me lembro que na verdade era mais por influencia msmo eu via ele como um irmão . Enfim alguns dos meus primos falavam q eu parecia meio mulecona qndo criança me lembram que me chamavam as vezes assim rs, mais lá pelos meus 11 anos comecei a vestir roupas mais justas me arrumar e aí comecei a ficar com meninos ao 13 eu era a unica bv da turma e foi um pouco por pressão mais tbéim pq achei o menino interresante , mais eu me lembro que antes de me interressar por esse menino eu sentia algo diferente por algumas meninas e até mesmo minha professora .Resumindo tdo já namorei um garoto mais duro só 5 meses , me apaixonei por uma amiga ano passado e ela é hetero , ai me apaixonei por um garoto agora nem gosto mais dele ainda acho q tenho uma queda por essa minha amiga , estava interresada em outra amiga q é lesbica do meu curso mais não sei como dizer estou mto confusa se sou bisexual ou lesbica…….. sei la eu gosto de homens mais parece que é mais a compania msmo e não atração.

  12. fernanda lis disse:

    Oi pessoal, bom venho lendo aq os posts do sou bi a algum tempo e resolvi me abrir aq com vcs qm sabe vcs nao me ajudam ne…bom vamos la.
    Namoro a quase 8 anos um rapaz e sempre nos demos bem, porem no começo deate ano conheci uma garota e eu me apaixonei por ela, acabei terminando pra ficar com ela, me declarei tanto pra ele qunato pra ela, falei tudo, o meu ate intao namorado me disse pra eu esquecer isso, que era coisa xa minha cabeça, porem nao dei ouvidos a ele e terminei assim msm.
    Quando contei tudo pra ela no inicio ela ficou super sem intender, afinal el sabia q eu tinha anos de namoro e terminar tudo pra ficar com ela, pra ela foi uma surpresa, mas msm assim quiz se encontrar comigo, marcamos e nos encontramos e acabou que ficamos, e foi magicoo.. Posso dizer q foi o melhor bju da minha vida o tempo foi passando e meu antigo namorado me pedindo pra voltar, porem eu estava tao feliz com tudo q naum queria voltar.
    Passou_se mais alguns dias e ela foi se afastando de mim, afastando, ate q resolvi perguntar pra ela q q tava acontecendo, e ela me disse q antes de mim ja havia um cara e q ela tinha contado pra ele q q aaconteceu e ele tinha pedido pra ela se afastar de mim.e ela como queria ficar com ele acabou msm se afastando e eu me vi sozinha, eu q comecei a namorar desde muito nova acabei me vendo sozinha e resolvi.voltar pro meu ex, depois dele dizer pra mim q ja tinha cansado de me procurar e tudo mais.
    Mas eu ainda nao consegui esquecer tudo, acabei ate me encantando por uma garota da empresa onde eu trabalho, porem nao temos muito contato e to doida pra chamar ela pra almoçar mas nao sei.como

  13. fernanda lis disse:

    Oi pessoal, bom venho lendo aq os posts do soubi a algum tempo e resolvi me abrir aq com vcs qm sabe vcs nao me ajudam ne…bom vamos la.
    Namoro a quase 8 anos um rapaz e sempre nos demos bem, porem no começo deste ano conheci uma garota e eu me apaixonei por ela, acabei terminando pra ficar com ela, me declarei tanto pra ele qunato pra ela, falei tudo, o meu ate intao namorado me disse pra eu esquecer isso, que era coisa da minha cabeça, porem nao dei ouvidos a ele e terminei assim msm.
    Quando contei tudo pra ela, no inicio ela ficou super sem intender, afinal ela sabia q eu tinha anos de namoro e terminar tudo pra ficar com ela, pra ela foi uma surpresa, mas msm assim quiz se encontrar comigo, marcamos e nos encontramos e acabou que ficamos, e foi magicoo. Posso dizer q foi o melhor bju da minha vida o tempo foi passando e meu antigo namorado me pedindo pra voltar, porem eu estava tao feliz com tudo q naum queria voltar.
    Passou_se mais alguns dias e ela foi se afastando de mim, afastando, ate q resolvi perguntar pra ela q q tava acontecendo, e ela me disse q antes de mim ja havia um cara e q ela tinha contado pra ele q q aaconteceu e ele tinha pedido pra ela se afastar de mim.e ela como queria ficar com ele acabou msm se afastando e eu me vi sozinha, eu q comecei a namorar desde muito
    nova acabei me vendo sozinha e resolvi.voltar
    pro meu ex, depois dele dizer pra mim q ja tinha

    cansado de me procurar e tudo mais.
    Mas eu ainda nao consegui esquecer tudo, acabei ate me encantando por uma garota da empresa onde eu trabalho, porem nao tmos muito contato e to doida pra chamar ela pra almoçar mas nao sei.como

    • fernanda lis disse:

      Continuando..
      Nao sei nem se chamo msm ela pra almoçar, se termino meu namoro, to perdida… Saio da empresa q trabalho, agora dia 16 de julho e se naum falar com ela agota.. Nao consigo mais falar.. E se eu terminar com meu namorado nao vai ter mais volta, pq meu proprio namorado ja dissr isso, tenho medo de agir por impulso e me arrepender depois, mas ela e tao linda, quero tsnto ficar com ela, q q eu faço gente… Desespero tatotal aq

      • blogsoubi disse:

        Fernanda, tudo bem?
        Que história hein! Bem parecida com a minha. Namorei um homem por quase oito anos também.

        Olha, a primeira coisa que você precisa pensar é: Por que você está com seu namorado?

        Ao que parece, você está com ele por medo de ficar sozinha e por querer ser aceita na sociedade por namorar um homem.

        Se é isso mesmo, eu terminaria. Aparentemente você não está mais feliz na relação e doida para ter uma próxima experiência com uma mulher.

        Se o seu desejo fosse outro homem, você já teria terminado. O fato é que você ainda não deve se sentir segura com mulheres.

        Você só está “estendendo” a relação por medo de ficar sozinha e perder a chance de ter alguém que te ame ao seu lado.

        Ao mesmo tempo, você está sendo egoísta e não está pensando no quanto pode machucá-lo.

        Você tem duas boas opções: terminar e ir atrás do que quer ou continuar o namoro e esquecet de todas essas mulheres.

        O que acham meninas?

        Espero que dê tudo certo.
        Abs!!

  14. Vitória disse:

    Oi Fernanda 🙂
    Tudo bem?
    Eu concordo totalmente com a blogsoubi. Mal li a sua história fiquei com a mesma ideia, que o que te levou a procurar novamente o teu namorado e querer continuar com ele é o fato de saber que se estiver com ele, que ele ao menos te ama, não ficará sozinha.
    Imagina que essa moça aceita almoçar com você? Ou se começar a ficar com ela ou outra moça e você se apaixona? Será que iria querer continuar com ele?
    É nisso tudo que precisa pensar, se gosta mesmo dele, se o que te leva a querer continuar com ele é medo de ficar sozinha e por ser ” mais fácil” socialmente..
    Pensa no que realmente quer, o mais importante é ser feliz.
    É o que penso 🙂
    Boa sorte 🙂

    • fernanda lis disse:

      Meninas… Muito obrigada pelas dicas, meu relacionamento nao teve msm jeito nao.. Terminei pq realmente preciso viver isso.. Preciso.. Além disso eu nao estava conseguindo fazer ele feliz, justamente pq nao tiro isso da minha cabeça.. Agora estou querendo me aproximar da garota do meu trabalho .. Mas nao sei como demonstrar q estou afim dela, dia 4 tenho uma reuniao marcada com ela acredito

      • fernanda lis disse:

        Q a reuniao ira acabar mais ou menos no horario do almoço, quero chamar ela pra almoçar mas nao sei como chamar, nem como demonstrar. Se vcs puderem me ajudar mais uma vez vou agradecer muuuito.. Um grande abraço a todas.. Até mais
        Ps: soubi seu blog é muito bom, ajuda muita agente q esta vivendo este momento importante e ap mrsmp tempo cheio de conflitos

  15. Bianca disse:

    Nossa, me identifiquei muuito com esse post. Eu vim parar aqui também porque realmente estou com dúvidas sobre a minha sexualidade, e me identifiquei com a autora. Qnd eu era criança, eu era a ‘maria macho’, gostava de usar roupas largas e não vestidos. Mas qnd fui fazer uns 12 anos, comecei a ser mais vaidosa e talz, e esse ano comecei a assistir The L World, entrar nesse tipo de site só por ”curiosidade” mesmo.. Mas esses dias me sinto atraída pela minha colega de sala e ando bem confusa.. =S Talez eu seja bi, mas acho que não consigo acreditar nessa possibilidade..

  16. […] que a minha mãe achou que eu fosse lésbica. Naquela época eu era praticamente um moleque (conto mais sobre isso nesse post). O meu grupo de amigos era os meninos. As minhas brincadeiras eram as deles: videogame, futebol, […]

  17. Clara disse:

    Oi,
    Tenho 15 anos moro no RJ e me apaixonei por uma menina de 17 que é do Ceara. Estamos namorando a um mes e me vejo numa situaçao q no futuro pode nos causar muita dor. Minha familia nunca aceitaria, mas estou decidida no q quero, e ela tbm. Diz q n ve a hora de vir para o RJ, tudo o q ela mais quer. Nunca amei ninguem assim (principalmente uma mulher) pois foi com ela q me descobri bissexual, apesar de sempre ter sentido atraçao por mulheres, mas nunca tinha assumido isso para mim mesmo. Sinto q nossa historia so esta começando pq temos uma quimica tao forte, mesmo estao longe. Ficar um minuto sem pensar nela é demais para mim…sou capaz de largar tudo aqui para viver com ela em qualquer lugar do mundo!!! Nossa quimica e nosso amor cresce a cada dia mais..poderia ficar aqui horas escrevendo sobre ela, mas, enfim..meu medo é minha familia, medo de ser rejeitada e de causar uma briga muito grande. Gostaria de um conselho.
    Bjos

    • blogsoubi disse:

      Clara, tudo bem? Você já tentou falar sobre o assunto com a sua família? Não fale de você, mas lance apenas a ideia. Pergunte a eles o que acharam do beijo gay na novela ou o que acham sobre leis que criminalizam a homossexualidade. Vá aos poucos tentando defender a ideia e mostrando a eles o quanto isso NÃO é errado. Qualquer dúvida, entre aqui e fale com a gente. Abraços!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s