O que me ajudou a viver a minha bissexualidade

Publicado: 18 de abril de 2012 em Bissexualidade feminina, Histórias reais
Tags:, , , , , , , ,

Carmen, personagem da série "The L World"

Além de ter amigos e familiares com a cabeça aberta, o que me ajudou muito a querer viver a minha bissexualidade foi um seriado lésbico chamado “The L World”.

Para quem quiser conhecer, pode fazer o download no Parada Lésbica, blog feito com muita competência por um grupo de meninas.  Quem preferir, também pode comprar o box das temporadas nas lojas virtuais, como Saraiva ou Submarino.

Abaixo, algumas cenas com Bette e Tina, um casal lésbico que mora junto e decide ter um filho.

O seriado é repleto de mensagens interessantes. A minha namorada diz que a trama a ajudou muito na sua aceitação. No meu caso, na verdade, ajudou a aumentar o desejo. Quando comecei a assistir, eu ainda não tinha tido nenhuma experiência com mulheres.

A bissexualidade e a homossexualidade são tratadas de forma muito natural. Desejos, traições, casamento, filhos, fuga, o primeiro beijo em uma mulher… muitas das nossas dúvidas e confusões são tratadas nesse clássico lésbico. A única grande falha, talvez, seja o final (São 6 temporadas). Mas não se abale por isso, vale muito a pena acompanhar a história dessas mulheres.

Anúncios
comentários
  1. Anônima disse:

    Eu te deixei um e-mail por favor me responda o mais rápido que puder, estou desesperada.

  2. Erica disse:

    É impressionante como a gente precisa da aceitação da família, não é mesmo? Aqui o elogio: Só tem foto de mulher bonita nesse blog.

  3. Sarinha disse:

    Olá!Não tinha visto este seriado,mas achei interessante!E concordo com a Erica.Eu mesma não assumi para minha familia,pois realmente é muito compricado assumir a bissexualidade.Mas,tenho amigos que me apóiam.Bjks

  4. Joana disse:

    Meninas voces acham que o facto de uma pessoa adorar este seriado pode ser indicio de bissexualidade, desejo por mulheres?

  5. Joana disse:

    Eu pergunto porque sou apaixonada pela mina melhor amiga. Nunca tive nada com uma mulher e acredito que ela tambem não. Ela tem namorado mas eu vejo que ela nao é feliz, eu axo que ela so esta com ele pra manter aparencias. Quando saimos e bebemos noto que ha um clima qualquer entre nos so que nunca tive coragem de avançar sei la.
    Uma coisa que me lembro é que eu conheci este seriado através dela. Ela sempre foi viciado no seriado, acho que assistiu as temporadas todas.

    • Erica disse:

      Joana, te digo o seguinte: aborde o assunto com muita calma e sem pressa. Não tenha medo de ser feliz. Se vc sentir receptividade nela, porque não? Tudo se resolve com conversa. Beijos.

  6. Erica disse:

    Amiga querida, não sei porque, mas não to conseguindo te enviar emails. Vou tentar resolver esse problema e te colocarei a par das novidades. Beijos e boa semana

  7. Joana disse:

    Erica tu tambem gostas de uma amiga tua pelo que li noutro post teu ne? Achas que ela suspeita que gostes dela?

    • Erica disse:

      Po Joana, não sei…as vezes acho que sim, pois ela se mostra muito solícita comigo. Já me disse que me ama, mas essas coisas as amigas costumam dizer uma pra outra. Eu procuro fazer tudo com muito cuidado e não alimentar falsas esperanças pra não quebrar a cara. De qualquer forma, vou abrir meu coração pra ela. Mas ainda não chegou a hora. Não tive oportunidade, nem coragem pra isso. Sei que quando fizer, isso vai mudar a nossa relação. Se pra melhor ou pior…entende porque tenho que pisar em ovos? Bjs

  8. Joana disse:

    Sei como é Erica. Eu também um dia vou abrir o meu coração pra ela mas terá de ser no momento certo, algum dia que sinta clima entre nós, que estejamos bem próximas, algum jantar. Agora nem pensar ate porque nao estamos muito bem. Uma amiga minha a quem contei que gosto dela acha impossivel ela nao saber que eu gosto dela ate porque ja chegou a estar comigo e ela num evento ( antes mesmo de eu desabafar e contar-lhe) e disse-me que se via logo que eu tou apaixonada por ela, que sou super atenciosa, que me derreto.

  9. Joana disse:

    No meu caso a pessoa em questao ate chegou a demonstrar ciumes quando cheguei a sair com um amigo em comum que tava apaixonado por mim, sei la.
    É complicado mesmo. E a pessoa que tu gostas tem alguem ou é solteira?

    • Erica disse:

      Joana, olha só. Eu sei exatamente o que vc sente. E imagino que vc seja jovem, sem compromisso. Amiga, acredite, se vc deixar passar, vai lamentar o resto da vida. Manda um email pro blog e peça o conto que enviei pra ela. O conto fala sobre duas mulheres e é muito lindo. Acho que qualquer mulher na nossa situação se identifica. Minha linda não é solteira não. É casada e tem filho assim como eu. Então pra mim, é muito mais dificil viver um amor assim. È proibido, é impossivel, é platônico e acima de tudo fora dos padrões, pra não dizer escandaloso. Por isso é que te falo pra ter coragem. Mas não se apresse, faça as coisas no seu tempo, vc tem que esperar uma oportunidade pra ser sincera. Te desejo sorte. Beijos.

  10. Joana disse:

    Vou fazer sim 🙂 Mas olha no teu caso apesar de ser difícil,nao é impossível, não desistas de ser feliz. Eu sou jovem e sem compromisso mas não tao jovem assim, tou perto da casa dos 30 kkkkk.
    O problema é que a pessoa que eu gosto é acomodada e axo que se preocupa mais do que as pessoas pensam do que eu, não sei se ela aceitaria, admitiria poder gostar de mim sendo mulher:/
    Vou enviar email pedindo o conto. Qual é o email do blog? Não encontro.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s