Como um bissexual sabe se gosta mais de homem ou de mulher?

Publicado: 4 de abril de 2012 em Bissexualidade feminina, Bissexualidade masculina
Tags:, , , , , , ,

Amber Heard, atriz de Hollywood, assumiu que namora um mulher. "Eu pessoalmente acho que se você nega alguma coisa ou se você ocultar algo você está admitindo que é errado. Eu não sinto que estou errada", disse a revista Women's Health

Esse foi um questionamento feito por uma das leitoras que passa por aqui. Não é um assunto fácil e nem tenho a pretensão de revelar alguma verdade absoluta, até porque ela não existe. É algo muito particular.

A leitora me disse que se sentia 30% atraída por homens e 70% atraída por mulheres. A sua teoria é bem simples: ela se sente atraída por alguns homens, mas não conseguiria ter um relacionamento sério com eles. As mulheres são a sua verdadeira paixão.

Achei muito interessante a explicação dela. Mas precisamos lembrar que mudamos muito à medida que o tempo vai passando. Vou dar o meu exemplo. Sempre namorei homens e só sentia desejo por mulheres. Esse desejo se limitava apenas ao beijo. Eu nunca havia fantasiado uma relação sexual com uma mulher e achava que isso nunca iria acontecer. Foi então que alguns anos se passaram e tudo mudou. Hoje namoro uma mulher e não me vejo mais tendo um relacionamento com um homem.

Nós mudamos constantemente. Alfred Kinsey, um dos maiores estudiosos no assunto (leia esse post para entender melhor) já falava sobre isso. Ele dizia que dependendo do período da sua vida você poderia deixar de ser heterossexual para se tornar bissexual, por exemplo.

Mas tudo são possibilidades. E o destino também entra nessa. Às vezes vivemos apaixonadas por um homem a vida inteira e conhecemos em dado momento uma mulher incrível, que nos faz mudar completamente. E o contrário também pode acontecer. Por isso, prefiro pensar na teoria mais simplista de todas: gostamos de pessoas. E quem vai determinar se gostamos mais de homem ou de mulher será aquela pessoa com quem iremos querer viver o resto de nossas vidas. Ou de repente a próxima pessoa por quem você irá se apaixonar.

Enquanto isso não acontece, não precisa se preocupar. Viva feliz sabendo que não há limites e nem preconceito na busca do verdadeiro amor.

Anúncios
comentários
  1. Cara Comum disse:

    Bom, eu sou do partido de que, ao invés da gente querer determinar para si um rótulo e vivê-lo, é melhor a gente viver e deixar que o rótulo surja como consequência das situações que vivemos. Gostar mais de homem ou de mulher não é algo que me consome em preocupação. Se estou gostando de alguém, fico com aquela pessoa sem me importar muito a respeito do que eu deveria gostar mais ou menos…

    Abraços!!

    • blogsoubi disse:

      Concordo com você. Não devemos mesmo nos preocupar com isso. Aliás, gostaria de aproveitar para pedir que nos conte sua experiência. Você já namorou uma mulher? Contou para ela que era bissexual ou que já tinha tido experiências com homens? Qual foi a reação dela?

      Abs!

      • Cara Comum disse:

        Vixe! Vc me perguntou tanta coisa… hehehehehe. Mas resumidamente: já namorei mulheres e já namorei homens. Desde que me aceitei como bissexual, todos os namorados e todas as namoradas foram avisados(as) no início do namoro sobre minha sexualidade (pq não gosto de que reclamem que não foram avisados). As reações foram a mais variadas possíveis. Uma das mulheres levou numa boa (tempos depois, eu descobri que ela estava contendo sua insegurança, mas não achava justo que o preconceito dela atrapalhasse o namoro). Um dos homens simplesmente não se importou. Uma das mulheres era minha amiga e já sabia da minha sexualidade antes mesmo do meu pedido de namoro. Mas a notícia já afastou alguns pretendentes de ambos os sexos que ficaram com medo de “encarar a parada”. Enfim, situações complicadas…

        Abraços!

      • blogsoubi disse:

        Imagino, as situações são mesmo complicadas. Mas acho que outro homem tende a aceitar com mais naturalidade a sua bissexualidade, não? Qual é a sua opinião sobre isso? Todas as mulheres que consulto dizem que seria muito difícil aceitar um homem bissexual. Elas dizem que iriam sempre se sentir inseguras, achando que a qualquer momento poderiam ser trocadas por outro homem.
        Abs!

    • marquinho disse:

      Eu sou bissexual mas eu prefiro um pouco mais os homens do que as mulheres pois eles aceitam um pouco mais a minha bissexualidade do q elas. Contudo de alguma forma as mulheres também chamam a minha atenção, porém elas tem q parar com a palhaçada d quererem o homem perfeito, coisa q nós homens, modéstia parte estamos bem mais a frente, acho q no fundo as mulheres são bem mais preconceituosas q os homens, pois até hoje os caras q eu sai não esquentaram, mas elas…….. Concluindo, sejam felizes do jeito q são: bissexuais, heterossexuais, homossexuais, travestis, crossdressers, andróginos, transsexuais, assexuais; sejam todos felizes e se aceitem do jeito q são mesmo q ninguém te aceitem, bjs.

  2. sarinha disse:

    Olá tbm concordo com cara comum,pois quem é bissexual não olha somente o sexo e sim o sentimento que sente pela pessoa não importando se é homem ou mulher.

  3. suellen disse:

    Meu nome é Suellen e também estou com um problema… Estou conhecendo um rapaz a pouco tempo e estou desconfiado que ele seja bi… Ficamos 2 vezes, só beijo na boca, percebi que ele ficou excitado, mas acho o comportamento dele muito estranho. Ele só anda com amigos, parece que dá mais importância p os homens… ele não faz questão de mulher… muito estranho! Difícil de explicar! Ele tem 27 anos e nunca namorou e nunca ng viu ele beijando/ficando com nenhuma mulher…Quando encontro com a mãe dele percebo ela muito preocupada, perguntando se entre eu e o filho dela já rolou beijo etc… acho uma atitude estranha da mãe dele.. Enfim, não sei como fazer p/ descobrir qual a dele de verdade… acho que gay ele não deve ser, pois ficou excitado com o beijo, mas acho q ele é bi… e agora? o que faazer p descobrir? será q se eu jogar limpo com ele e perguntar ele me responde? ou vai ficar com raiva de mim?

    • blogsoubi disse:

      Suellen, acho que algum dos meninos que frequentam o blog podem te ajudar melhor a responder isso. Imagino que se esse menino ainda não se aceitou, seria muito difícil ouvir uma pergunta como essa. Talvez ele se sinta até ofendido, se ele tiver preconceito contra ele mesmo. Você gosta mesmo dele? Tem vontade em continuar investindo? Como está a relação de vocês, ele a procura?
      Abs!

  4. claudia.cp disse:

    Muito bem, vou falar um bocado de mim..:D eu nunca namorei uma rapariga, mas em miuda gostava de imaginar me aos beijos com uma rapariga da minha turma de quem tinha um grande carinho, mas nunca liguei muito a isso..os tempos foram passando e esqueci a idéia de desejar apenas beijar na boca uma rapariga (até porque nunca me imaginei sexualmente enrolada com alguma)..agora o tempo passou e aquela vontade de estar com raparigas voltou, mas o meu receio é que nunca estive numa relacao tanto no h como m…tenho um amigo gay que ja me confrontou e me disse que eu gostava de mulheres, menti lhe, dizendo que nao, e nao consegui dizer lhe que gosto de as apreciar… Confesso que tudo isto é novo para mim, e tenho medo de me abrir para este novo mundo, medo do que as pessoas dirão, medo ser rejeitada, porque neste mundo em que vivemos grande parte da sociedade é muito preconceituosa.. (Li que tantos os gays como lésbicas teem um sentido apurado em distinguir quando os outro sao gays, bi, e lésbicas, verdade??) Beijinho, e adoro o Blog 🙂

    • Erica disse:

      Minha amiga, estas questões são tão controvertidas que só você é capaz de respondê-las. Acho que só quando a maturidade chega é que somos capazes de confrontar esses conceitos. Eu já tenho maturidade e independência, mas só assumo aqui. E claro, tenho medo do que pensam as pessoas, afinal eu não sou suja, nem doente, nem pecadora. Sou uma pessoa que só quer amar. Você pode assumir pra você e viver a sua vida de forma feliz. Isto não significa que você tenha que informar ao mundo inteiro a sua condição. As pessoas gostam de falar. Se você está gordo, falam. Se você está magro, falam. Se você trair ou for traído, falam. Então se você gosta de mulher vão falar de qualquer jeito, porque o interesse é se ocupar da vida alheia. Não sei a resposta de tudo isso. Só sei o que faria se não fosse casada e tivesse filhos. Eu me atiraria sem medo em busca do amor. Homem ou mulher. Beijão.

  5. marcely disse:

    Eu tenho 14anos e tenho certeza que sou bi e eu contei para minha mae,mas ela nao aceita o que eu devo fazer?

  6. Ronan BH disse:

    homens de BH e Região que queiram fazer contato para amizade e um possível algo mais… eu 28,.. Bi… branco,.. 1,77m 67kg cabelos lisos,.. entre em contato (31)7508-3969 ronan.gavin@hotmail.com
    somente ,.. maduros,.. honestos,.. sem enrolações ,.. que sejam diretos.

  7. maicon disse:

    Fazem 7 meses que eu conheci uma menina bi, uma pessoa na qual eu não consigo esquecer, no começo não sabia que ela era bi, apesar de ser uma pessoa que não aparenta e creio que ela não seja tão bi assim, porém ela já se envolveu com três garotas e uma ela namorou por 5 meses. Acredito que isso tudo seja só uma falta de carência e uma decepção amora que ela passou, fez com que não sentisse segura com mais homem algum. A minha situação é um pouco complicada, a gente fica só algumas vezes, pois ela está no momento confuso da vida dela, e sem tempo por está no 8 ano de vestibular. mas sei que vou conquista-la!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s